Você está aqui

Venezuela

Venezuela
Paises em que MSF já atuou

A crise política e econômica e as consequências sociais continuam a ter um sério impacto sobre os venezuelanos.

Em 2017, MSF expandiu suas atividades na capital, Caracas, oferecendo cuidados de saúde mental para vítimas de violência urbana e violência sexual, em colaboração com outras organizações locais e instituições públicas. O projeto, que começou em meados de 2016 em dois dos bairros mais perigosos da cidade, Petare e La Vega, agora também funciona em um dos principais hospitais públicos da cidade e recebe encaminhamentos das regiões adjacentes. MSF defende a possibilidade de considerar a violência sexual como uma emergência médica e tratá-la de maneira abrangente para ajudar a proteger as vítimas de um sofrimento ainda maior. Esta abordagem integral combina cuidados médicos e psicológicos com a ajuda de assistentes sociais.

Em 2017, MSF começou a trabalhar em Maracaibo, a segunda maior cidade do país, no estado de Zulia. A equipe oferece atendimento médico e de saúde mental a jovens e sobreviventes de violência sexual, por meio de quatro unidades de saúde pública. Os serviços incluem exames pré e pós-natal, contracepção, partos de emergência e apoio psicológico individual e em grupos. Os promotores de saúde de MSF também visitam escolas, centros esportivos e clubes de jovens para esclarecer aspectos acerca de saúde sexual e reprodutiva.

Em Sifontes, uma área de mineração no estado de Bolívar, perto da fronteira com o Brasil, MSF iniciou trabalhos com o programa estadual de malária para testar, tratar e prevenir a doença.

Durante os protestos que ocorreram no primeiro semestre do ano, resultando em mais de 100 mortos e milhares de feridos, MSF apoiou hospitais em cinco cidades, incluindo Caracas, com suprimentos médicos, apoio psicológico e assistência técnica, como por exemplo treinamento para feridos em massa.

MSF atua no país desde 2015.

MSF usa cookies neste site para melhorar sua experiência.
Saiba mais na

Política de Privacidade. Aceitar