Você está aqui

Tailândia

Tailândia
Paises em que MSF já atuou
Em 2018, Médicos Sem Fronteiras (MSF) iniciou serviços de saúde mental nas províncias mais ao sul da Tailândia, onde anos de violenta instabilidade deixaram um custo cruel.
 
No início do ano, lançamos um projeto para melhorar o acesso aos cuidados de saúde mental nas províncias de Pattani, Yala e Narathiwat, perto da fronteira com a Malásia. Em colaboração com o departamento  de saúde mental do Ministério  da  Saúde  e outras organizações nacionais acadêmicas  e da sociedade civil, o projeto visa a apoiar os membros mais vulneráveis das comunidades afetadas pelo conflito em andamento, particularmente aqueles que estejam hesitando Narathiwat, em janeiro de 2019. Inicialmente,  o projeto concentrava-se em mulheres e crianças, mas estamos aumentando a oferta de serviços para também incluir homens afetados pelo conflito.
 
Nossas equipes concentram-se em cuidados de saúde mental, facilitando outros cuidados médicos, conforme o necessário. O apoio psicológico inclui terapia individual e em grupo, educação psicossocial e controle do em procurar atendimento médico.
 
Em janeiro, abrimos um primeiro centro de aconselhamento em Pattani. No fim do ano, expandimos para outro local, na província de Yala, e fizemos preparativos para abrir um terceiro centro de aconselhamento, em estresse. Em 2018, realizamos regularmente sessões de psicoeducação na comunidade, além de treinamento de capacitação e workshops para grupos comunitários, voluntários e organizações não governamentais (ONGs) locais que trabalham com pessoas afetadas pelo conflito.
 

MSF atua no país desde 1976.

Consultas individuais de saúde mental
810

MSF usa cookies neste site para melhorar sua experiência.
Saiba mais na

Política de Privacidade. Aceitar