Você está aqui

Somália

Enfermeira alimenta criança que foi admitida com desnutrição aguda grave no hospital apoiado por MSF em Puntland, na Somália. (Abdikarim Tahir/MSF)
Somália
Paises em que MSF atua

Após uma ausência de quatro anos devido a uma série de ataques violentos contra sua equipe, MSF retomou o tratamento a pacientes na Somália em 2017.

O apoio de MSF ao hospital regional Mudug, em Galkayo do Norte, região de Puntland, foi retomado em maio de 2017 com programas de nutrição, tanto em centros de nutrição terapêutica ambulatorial como de internação. Os serviços pediátricos ambulatoriais e de internação foram ativados em junho, seguidos pelo suporte de emergência em setembro.

Em novembro, em resposta a um surto de desnutrição no Chifre da África, MSF lançou projetos emergenciais em Dushamareb, a capital do estado de Galmudug, e na região de Dolow, Gedo, na fronteira com a Etiópia.

As equipes também realizaram visitas de pesquisa para avaliar as necessidades médicas e humanitárias em Baidoa. Como resultado, MSF apoiou a maternidade e a pediatria do hospital regional. As atividades médicas estão previstas para começar em abril de 2018.

MSF também está desenvolvendo uma proposta de preparo e reação a surtos para apoiar as comunidades no sul da Somália, em cooperação com o Ministério da Saúde e outras organizações de saúde.

Por conta da experiência no passado, o retorno de MSF à Somália é cauteloso e modesto. A presença de MSF na Somália, o escopo de seus programas e a potencial expansão de suas atividades para outras regiões do país dependerão inteiramente da aceitação, facilitação e apoio ativo recebido das autoridades e comunidades que atende. MSF avaliará locais para futuros projetos com base nas necessidades, viabilidade e capacidade de garantir a presença de equipes internacionais junto a profissionais da Somália.

MSF atua no país desde 1979.
 

Dados de 2017:

 

Pacientes tratados em centros de nutrição
3.600

MSF usa cookies neste site para melhorar sua experiência.
Saiba mais na

Política de Privacidade. Aceitar