Você está aqui

Rússia

Rússia
Paises em que MSF atua

MSF encerrou os projetos na Rússia, que focavam em tuberculose (TB), saúde mental e cuidados cardíacos na Chechênia.

Programa de tuberculose

Desde 2004, MSF trabalhava em parceria com o Ministério da Saúde da Chechênia para implementar um programa de tratamento da tuberculose. Durante o ano, a equipe gradualmente entregou suas atividades de TB ao ministério, internando seu último paciente no final de agosto. Um total de 156 pacientes foram tratados desde junho de 2014. Até o fim do ano, 60 pacientes com TB ultrarresistente a medicamentos ainda estavam em tratamento. O Ministério da Saúde se comprometeu a garantir a continuidade dos cuidados para esses pacientes.

 Em 2017, MSF iniciou tratamento para 27 pacientes coinfectados com tuberculose e diabetes, monitorando regularmente o nível de açúcar no sangue e ajudando-os a administrar suas condições.

Apoio à saúde mental

Em 2017, as equipes ofereceram atendimento psicossocial individual para 868 pacientes e 44 sessões de aconselhamento em grupo para vítimas de violência no programa de saúde mental. Esse projeto foi encerrado em março.

Cuidados cardíacos

Após sete anos de atividade, o projeto de atendimento cardíaco no hospital de emergência da capital, Grozny, foi fechado em dezembro. Durante o ano passado, MSF se concentrou em garantir a autonomia técnica da equipe de cardiologia intervencionista. MSF apoiou cuidados cardíacos, oferecendo medicamentos e equipamentos médicos, melhorando a qualidade do tratamento para pacientes agudos e treinando médicos e enfermeiros. Em 2017, a unidade de ressuscitação cardíaca internou 1.568 pacientes com caso agudo, 504 dos quais se beneficiaram de uma angiografia (técnica de imagem para examinar o interior das artérias coronárias) e 315 de angioplastia (procedimento para desobstruir artérias estreitadas ou obstruídas).