Você está aqui

México

Uma família de migrantes descansa ao ar livre em Coatzacoalcos durante sua jornada para o norte. México, março de 2021. © YESIKA OCAMPO/MSF
México
Paises em que MSF atua

Médicos Sem Fronteiras (MSF) respondeu à pandemia da COVID-19 em todo o México apoiando o tratamento e a prevenção de infecções em unidades e centros de saúde para migrantes e vítimas de violência.

Em 2020, MSF organizou uma série de respostas de emergência à COVID-19 no México, onde houve um dos maiores números de mortes no mundo causadas pelo vírus. Em maio, começamos a trabalhar em uma unidade de extensão hospitalar no estádio Los Zonkeys, em Tijuana, Baja California, onde foram tratados pacientes com sintomas leves e moderados de COVID-19. Em junho, devolvemos as instalações às autoridades de saúde. Também cuidamos de pacientes com COVID-19 leve a grave em dois centros dedicados instalados nos campos das universidades Reynosa e Matamoros. Essas atividades foram finalizadas em 1º de outubro.
 
Adotamos uma estratégia móvel, focada no apoio à prevenção e controle de infecções. Nossas equipes visitaram nove estados para avaliar 46 unidades de saúde, treinar equipes médicas e implementar rotas de fluxo de pacientes e equipe hospitalar. Outra equipe dedicada à COVID-19 prestou apoio técnico e treinamento em 40 abrigos ao longo da rota de migração.
 
Adicionalmente, nossas equipes realizaram consultas médicas, psicológicas e trabalho social para ajudar os migrantes presos na fronteira norte. Trabalhamos em todos os abrigos para migrantes em Nuevo Laredo, Reynosa e Matamoros, incluindo um acampamento improvisado para requerentes de asilo. Em Reynosa, também mantivemos a ajuda às vítimas da violência e, em Guerrero, visitamos comunidades sem acesso a cuidados de saúde devido à violência generalizada. No Sul, nossas equipes mantiveram a prestação de assistência aos migrantes por meio de clínicas móveis. Em fevereiro, publicamos o relatório “No Way Out” sobre o impacto prejudicial das políticas de migração EUA-México na saúde.
 
Na Cidade do México, administramos um centro especializado que oferece cuidados médicos e mentais aos migrantes, vítimas de tortura ou extrema violência em seus países de origem ou durante sua jornada.
 
Dados de 2020:
 
Consultas ambulatoriais
Consultas individuais de saúde mental
Consultas para serviços anticoncepcionais
Mulheres que receberam cuidados para aborto seguro
37,500
11,100
2,360
24

MSF usa cookies neste site para melhorar sua experiência.
Saiba mais na

Política de Privacidade. Aceitar