Você está aqui

Mali

Fatoumata, uma mãe de cinco crianças de uma comunidade nômade, foi esterilizada pela equipe de MSF no hospital de referência em Dala, perto de Douentza, no norte do Mali, depois de chegar em condição crítica.  (Foto: Seydou Camara/MSF)
Mali
Paises em que MSF atua

Em 2019, o aumento da violência no centro e no norte do Mali continuou a interromper os serviços públicos, restringindo os movimentos das pessoas e impedindo-as de obter assistência médica.

Os programas de Médicos Sem Fronteiras (MSF) em todo o país se concentram em melhorar o acesso à assistência médica para as pessoas mais vulneráveis nas áreas rurais e urbanas.

Resposta a uma crise crescente no centro de Mali

A insegurança no centro de Mali atingiu níveis sem precedentes, com um aumento nos confrontos entre os grupos armados militares e não-estatais, juntamente com um aumento na violência intercomunitária. Em março de 2019, 160 pessoas foram mortas em um ataque supostamente perpetrado por um grupo de milícia, desencadeando um ciclo de represálias violentas na região.

Temos equipes trabalhando nos hospitais Douentza e Ténenkou na região de Mopti, que organizam encaminhamentos de áreas rurais vizinhas. Nos arredores de Douentza, trabalhamos em três centros de saúde e implementamos um programa comunitário para prestar assistência médica em 26 locais nas aldeias mais afetadas pela violência. Em torno de Ténenkou, estabelecemos equipes móveis em cerca de 40 vilarejos para prestar atendimento médico geral a cerca de 15 mil pacientes. Expandimos nossas atividades em Koro, Bandiagara e Bankass para ajudar algumas das pessoas mais afetadas pela escalada da violência na região, fornecendo-lhes cuidados de saúde gerais, apoio à saúde mental e itens de emergência, como cobertores. Em junho, abrimos um novo programa dedicado a mulheres e crianças com menos de 15 anos em Niono, na região de Segou. Além de apoiar as unidades de maternidade e pediatria do hospital Niono, atuamos em cinco centros de saúde periféricos. Em 2019, realizamos 4.590 consultas ambulatoriais.

Levando a saúde para mais perto de comunidades nômades no norte

Em Ansongo, na região de Gao, e em Kidal, ao norte de Gao, asseguramos que os cuidados de saúde estejam disponíveis para as comunidades nômades, por meio da formação de agentes comunitários de saúde para diagnosticar e tratar as doenças mais comuns que afetam mulheres grávidas e crianças

com menos de cinco anos. Em 2019, nossas equipes trabalharam em 62 acampamentos nômades nas regiões de Kidal e Ansongo.

Também temos equipes em um hospital e quatro centros de saúde em Ansongo, fornecendo atendimento médico e apoio psicológico às vítimas de violência, e em seis centros de saúde em Kidal e arredores.

Cuidados para pacientes com câncer em Bamako

Desde novembro de 2018, trabalhamos com o Ministério da Saúde em Bamako para facilitar o acesso ao diagnóstico e tratamento (radioterapia, cirurgia, quimioterapia) do câncer de colo de útero e de mama. Para ajudar as pacientes que recebem tratamento no Hospital Universitário Point G da capital, a maioria das quais se encontra em estágios avançados da doença, com poucas ou nenhuma opção de tratamento, prestamos cuidados paliativos e serviços de apoio gratuitos, tanto no hospital como em suas casas. Em 2019, também treinamos profissionais de saúde e realizamos obras de reabilitação no hospital em parceria com as autoridades de saúde.

Dez anos de saúde infantil em Koutiala

No sul do país, apoiamos serviços nutricionais e pediátricos no hospital Koutiala por meio de nossa unidade de cuidados pediátricos recém-construída com 185 leitos. Nossas equipes também realizam atividades preventivas e curativas em 36 centros de saúde, especialmente durante os picos sazonais de malária e desnutrição. Durante o ano, eles realizaram um total de 165 mil consultas ambulatoriais.

Dados de 2019:

Consultas ambulatoriais
Vacinações de rotina
Casos de malária tratados
Crianças internadas em programas de nutrição ambulatorial para desnutrição aguda grave
350.100
371.800
161.500
6.810

MSF usa cookies neste site para melhorar sua experiência.
Saiba mais na

Política de Privacidade. Aceitar