Você está aqui

Líbano

Shaimaa no campo de refugiados em que mora, Arsal (SOPHIE MUELLER/MSF ).
Líbano
Paises em que MSF atua


A chegada da COVID-19 e uma explosão devastadora em Beirute foram duros golpes ao desmantelado sistema de saúde do Líbano, após um ano de distúrbios econômicos, políticos e sociais.

Em agosto, uma explosão devastou a capital Beirute, matando pelo menos 200 pessoas e destruindo muitas residências e prédios comerciais. A explosão resultou num pico dos casos de COVID-19, pois milhares de pessoas feridas e traumatizadas saíram às ruas em busca de tratamento para os ferimentos provocados pela explosão ou em busca de familiares desaparecidos, abandonando todas as medidas de prevenção. Médicos Sem Fronteiras (MSF) auxiliou os moradores das áreas devastadas, prestando atendimento médico e apoio à saúde mental, distribuindo kits de higiene e instalando reservatórios de água.


A COVID-19 se espalhou a partir de setembro de 2020 no país e sobrecarregou o sistema de saúde. Uma série de isolamentos agravou ainda mais a crise econômica. À medida em que o número de casos aumentou, transformamos nosso hospital no Vale do Bekaa em uma instalação dedicada aos cuidados médicos relacionados à COVID-19 e apoiamos um centro de isolamento em Siblin, ao sul do país.


No hospital Elias Haraoui, em Zahle, adaptamos e ampliamos nossas atividades no pronto-socorro para assegurar uma triagem eficaz dos pacientes. As nossas equipes também realizaram testes de COVID-19 e atividades de promoção da saúde em vários locais do Líbano.


Impedir que a pandemia interrompesse outros serviços essenciais de saúde foi de fundamental importância para nossas equipes no Líbano. Durante o ano, mantivemos em funcionamento as atividades em execução, para garantir o acesso a cuidados de saúde gratuitos e de alta qualidade para pessoas vulneráveis que necessitavam de apoio médico ou humanitário, como refugiados sírios (há mais de um milhão no país). Administramos cuidados de saúde reprodutiva e maternidades no sul de Beirute e Arsal e oferecemos cuidados gerais e intensivos, incluindo vacinação e tratamento para crianças com talassemia, um distúrbio hereditário do sangue. Apoio de saúde mental e cuidados para doenças não transmissíveis também estiveram disponíveis em nossos projetos.


Dados de 2020:
 


Consultas ambulatoriais
Atendimentos individuais de saúde mental
Internações (pessoas hospitalizadas)
Partos assistidos
152.900
11.600
9.430
4.610

MSF usa cookies neste site para melhorar sua experiência.
Saiba mais na

Política de Privacidade. Aceitar