Você está aqui

Grécia

Aiful, de 25 anos, é de Bangladesh e prepara comida dentro de uma grande tenda no campo Moria, onde ele e várias outras pessoas esperam para saber o seu destino. (Foto: MSF)
Grécia
Paises em que MSF atua

Os migrantes e refugiados ainda são o foco das atividades de MSF na Grécia continental e nas ilhas de Lesbos, Samos e Chios.

Desde 1996, MSF oferece ajuda  médica e humanitária a migrantes e refugiados na Grécia. As atividades foram ampliadas em 2014 para atender às necessidades de um número crescente de pessoas chegando à costa da Grécia vindas da Turquia. Desde o acordo entre UE e Turquia, em março de 2016, muitos foram impedidos de deixar as ilhas gregas enquanto aguardavam uma decisão sobre o seu pedido de asilo. Essas pessoas passam longos períodos com pouco acesso a cuidados de saúde, além do medo constante de serem enviadas de volta para a Turquia. Aqueles que chegam ao continente muitas vezes vivem em condições inadequadas, esperando por seu status de refugiado ou realocação em acampamentos ou apartamentos. MSF presta continuamente serviços médicos em Atenas e em outras partes da Grécia continental, bem como nas ilhas de Lesbos, Samos e Chios. Entre janeiro e dezembro de 2017, as equipes de MSF realizaram quase 19.600 consultas.

Ilhas Gregas

Desde outubro de 2016, MSF mantém uma clínica em Lesbos, oferecendo cuidados básicos de saúde, tratamento para doenças crônicas, serviços de saúde sexual e reprodutiva e apoio à saúde mental. Desde agosto de 2017, a equipe tem se focado nas necessidades dos sobreviventes de tortura e violência sexual, e de pessoas com problemas graves de saúde mental. Em novembro, MSF implementou uma nova clínica em frente ao acampamento de Moria, aumentando o acesso a cuidados médicos para crianças menores de 16 anos e gestantes que vivem em condições terríveis no campo.

Em Samos, MSF mantém um abrigo temporário para até 80 pessoas para famílias de gestantes, recém-nascidos ou pais e mães solteiros. MSF também fornece apoio de saúde mental aos pacientes e, em parceria com o Conselho Grego para Refugiados, oferece apoio jurídico individual. MSF realizou uma campanha de vacinação para crianças hospedadas em abrigos e assistiu autoridades nacionais com vacinas em locais-chave. As equipes também intervieram na Delegacia de Polícia de Vathy, para melhorar as condições de vida e o acesso a cuidados médicos e mentais dos detentos.

Em dezembro, MSF iniciou atividades na ilha de Chios, oferecendo serviços de mediação cultural no hospital local.

Atenas

MSF mantém três clínicas em Atenas para atender às necessidades específicas de migrantes e refugiados. No centro de atendimento diurno, MSF oferece cuidados de saúde sexual e reprodutiva, apoio de saúde mental e tratamento para doenças crônicas. Em setembro, as equipes também começaram a manter uma clínica médica móvel para dar apoio às pessoas que se deslocam de Atenas.

Em um segundo centro, MSF oferece atendimento integral aos sobreviventes de tortura e outras formas de violência. A clínica, mantida em colaboração com o Day Center Babel e o Conselho Grego para Refugiados, implementa uma abordagem multidisciplinar, incluindo atendimento médico e de saúde mental, fisioterapia, assistência social e apoio jurídico.

Em um terceiro centro perto da Praça Victoria, MSF prestava cuidados básicos de saúde e saúde mental até dezembro, e está ajudando a clínica municipal com serviços de mediação cultural.

Grécia continental

Em Épiro, MSF prestou até dezembro atendimento psicológico e psiquiátrico a pessoas que moram em Ioannina ou nos arredores. Equipes móveis também atuaram durante todo o ano na região mais ampla de Ática, em torno de Atenas, bem como na região central da Grécia.

Em Tessalônica, MSF ofereceu até julho atendimento psicológico e psiquiátrico, bem como promoção de saúde em vários campos, além de apoio aos hospitais locais.

 

Dados de 2017:

Consultas ambulatoriais
Consultas individuais de saúde mental
Sessões de saúde mental em grupo
19.600
10.900
600

MSF usa cookies neste site para melhorar sua experiência.
Saiba mais na

Política de Privacidade. Aceitar