Uma longa jornada de volta ao normal - Filipinas
Foto: Veejay Villafranca/MSF

Nas Filipinas, Médicos Sem Fronteiras (MSF) trabalhou para melhorar os cuidados de saúde sexual e reprodutiva para moradores de favelas da capital Manila, prestou assistência aos deslocados internos em Mindanau e respondeu à COVID-19 e a desastres naturais.

Entre 2016 e 2020, MSF estabeleceu parceria com uma organização local, Likhaan, para prestar cuidados de saúde sexual e reprodutiva, bem como diagnóstico e tratamento de câncer do colo do útero,em San Andres e Tondo, duas das áreas mais densamente povoadas e empobrecidas da capital. Em dezembro, entregamos nossas atividades ao Likhaan, que continuará a executar esses serviços.

Quando a COVID-19 eclodiu no país, nossas equipes apoiaram o rastreamento de contatos e as atividades de prevenção e controle de infecções nas comunidades e nas unidades de saúde que tratam de pacientes de COVID-19 em San Andres e Tondo.

Em junho, começamos a apoiar a enfermaria, laboratório e farmácia de COVID-19 do hospital San Lazaro, em Manila, com profisissionais, equipamento de proteção individual (PPE), equipamento biomédico e medicamentos. No final de outubro, após uma diminuição do número de casos, interrompemos nossas atividades no hospital.

MSF continuou trabalhando em Marawi, na Região Autônoma de Bangsamoro, em Mindanao Muçulmano. Esta região do sul tem os piores indicadores de saúde das Filipinas e sofre frequentemente surtos de violência. Prestamos cuidados de saúde geral e mental às pessoas deslocadas e/ou repatriadas, bem como tratamento de doenças não transmissíveis em três centros médicos. Em 2020, ajudamos com a resposta à COVID-19 nestas instalações; por exemplo, treinando a equipe em vigilância e rastreamento de contatos.

Em novembro, dois tufões – Goni, conhecido localmente como Rolly, e Ulysses – atingiram as Filipinas em um curto espaço de tempo. Em Albay, disponibilizamos dois centros de evacuação com galões para armazenar água potável e fornecemos kits de prevenção à COVID-19, que incluíam máscaras faciais e desinfetante. Também realizamos treinamento de prevenção e controle de infecção da COVID-19 e doamos equipamentos de proteção individual (EPIs) para a equipe dos centros. Em Catanduanes, distribuímos galões e pastilhas para purificação da água na comunidade.

Dados referentes a 2020

12.500

Consultas ambulatoriais

200

Consultas pré-natal

Filtrar por