Women line up with their children to wait for a medical consultation during a mobile clinic run by MSF in Adiftaw, a village in the northern Ethiopian region of Tigray.

Na Etiópia, Médicos Sem Fronteiras (MSF) responde a emergências e preenche lacunas na saúde para pessoas deslocadas internamente e refugiados. A partir de novembro de 2020, ajudamos as pessoas afetadas pelos combates na região de Tigray.

Em 2020, fornecemos assistência médica geral e especializada aos refugiados do Sudão do Sul nos campos da região de Gambella e assistência médica especializada no hospital de Gambella. Em áreas remotas da região da Somália, oferecemos assistência médica geral e atendemos emergências como surtos de cólera e sarampo.

Também tratamos pessoas por doenças tropicais negligenciadas, incluindo coala-azar e envenenamento por mordidas de cobra, na região de Amhara. Em Adis Abeba, fornecemos apoio médico e de saúde mental a migrantes etíopes repatriados ou deportados e asseguramos a continuidade dos cuidados de saúde a eles em suas regiões de origem.

Nossas equipes também apoiaram pessoas deslocadas pelas enchentes nas Região das Nações do Sul, Nacionalidades e Povos (SNNPR) e na região de Afar e apoiaram pessoas deslocadas internamente e a comunidade anfitriã na região de Benishangul-Gumaz.

Em março, encerramos nosso apoio ao campo de refugiados Hitsats, na região de Tigray, onde oferecemos cuidados de saúde mental aos refugiados e à comunidade anfitriã.

Em novembro, começamos a apoiar instalações de saúde ao sul de Tigray com treinamento e doações. Administramos clínicas móveis e apoiamos algumas instalações de saúde fortemente danificadas em outras partes de Tigray desde meados de dezembro, fornecendo-lhes oxigênio e outros suprimentos vitais, além de reabilitar serviços de emergência, maternidade, pediátrica e de internação. Na fronteira da região de Amhara, nossas equipes ofereceram assistência médica a milhares de pessoas deslocadas e apoiaram várias instalações de saúde com suprimentos médicos. Também oferecemos treinamento em nutrição e em vítimas em massa para equipes do Ministério da Saúde. No início de novembro, prestamos assistência médica a 278 feridos nos primeiros confrontos no oeste de Tigray.

Dados referentes a 2020

79.600

Consultas ambulatoriais

4.010

Partos assistidos

6.360

Internações (pessoas hospitalizadas)

38

Crianças com desnutrição admitidas em programas de nutrição de pacientes internados

5.210

Atendimentos individuais de saúde mental

Filtrar por