Você está aqui

Ucrânia

Nina Ivanova, de 67 anos, faz check-up na clínica móvel de MSF em Stepanivka, na Ucrânia. (Foto: Maurice Ressel)
Ucrânia
Paises em que MSF atua
O acesso a cuidados de saúde continua limitado para as pessoas que vivem ao longo da frente de batalha do conflito no leste da Ucrânia, que teve início em 2014, danificando infraestruturas, interrompendo serviços e causando dificuldades financeiras.
 
Médicos Sem Fronteiras (MSF) operou clínicas móveis, em um total de 28 locais dentro ou próximo à zona de conflito, prestando cuidados básicos de saúde e apoio psicológico a cerca de  3 mil pessoas. A maioria das pessoas tratadas em nossas clínicas móveis eram mulheres com mais de 50 anos de idade com doenças crônicas, como hipertensão arterial, problemas cardíacos e diabetes, bem como problemas de saúde mental, como ansiedade e depressão.

Além do aconselhamento individual, nossas equipes organizaram treinamento para ajudar os profissionais de saúde e prestadores de serviços na área a lidar com o estresse e o esgotamento físico e mental.
 
Hepatite C 
 
Continuamos a executar nosso  projeto de hepatite C na região de Mykolaiv, oferecendo tratamento com dois antivirais de ação direta – daclatasvir e sofosbuvir –, assim como testes de diagnóstico gratuitos, suporte ao paciente serviços de educação e aconselhamento. Nossos pacientes com hepatite C são todos coinfectados com HIV e/ou participam de terapia de substituição de opioides, para superar a dependência de drogas. 

O primeiro grupo, que iniciou o tratamento em 2017, teve uma impressionante taxa de cura de mais de 95%. 

Tuberculose resistente a medicamentos

Em parceria com o Ministério da Saúde, lançamos um projeto de tratamento de tuberculose resistente a medicamentos (TB-DR) no hospital regional de TB em Zhytomyr. É um dos primeiros projetos no país a tratar pacientes com os medicamentos orais bedaquilina e delamanida, de alta eficácia contra TB, e continuamos a defender maior acesso a esses medicamentos em todo o país. O projeto também oferece atendimento ambulatorial, bem como serviços de saúde mental e apoio social, que muitas vezes não estão disponíveis para pacientes com TB na Ucrânia.

MSF atua no país desde 1999.

Dados de 2018:
 

Consultas ambulatoriais
Consultas individuais de saúde mental
Pacientes que começaram o tratamento para TB-DR
4.770
2.660
100

MSF usa cookies neste site para melhorar sua experiência.
Saiba mais na

Política de Privacidade. Aceitar