Você está aqui

Eswatini

Em Eswatini, a pandemia da COVID-19 afetou gravemente a vida de pacientes com HIV, tuberculose (TB) e doenças não transmissíveis (DNTs) em 2020. (Foto: MSF)
Eswatini
Paises em que MSF atua

 

Em Eswatini, a pandemia da COVID-19 afetou gravemente a vida de pacientes com HIV, tuberculose (TB) e doenças não transmissíveis (DNTs) em 2020.

 

Cerca de um terço dos adultos em Eswatini vive atualmente com HIV, e muitos deles são co-infectados com tuberculose. Médicos Sem Fronteiras (MSF) apoia o Ministério da Saúde trabalhando para reduzir a transmissão destas doenças e melhorar o tratamento.
 
A pandemia forçou nossas equipes na região de Shishelweni a mudar a forma como os cuidados eram prestados para garantir que as pessoas mais vulneráveis tivessem acesso ininterrupto e seguro ao tratamento que salva vidas.
 
Reforçamos os cuidados na comunidade para TB (DR-TB) resistente a drogas, com agentes de saúde visitando as casas dos pacientes para dar medicamentos, alimentos, apoio psicológico e equipamento preventivo à COVID-19 (máscaras, desinfetantes). O tratamento observado por vídeo permitiu que esses pacientes se filmassem tomando seus medicamentos em casa, em vez de viajarem para as unidades de saúde para o tratamento supervisionado por enfermeiras. Além disso, aumentamos nosso apoio à ala nacional DR-TB em Nhlangano, Shiselweni, fornecendo cuidados de enfermagem, implementando protocolos de prevenção e detecção da COVID-19 e doando medicamentos.
 
Para aliviar a pressão sobre as unidades de saúde com o surgimento dos casos de COVID-19, montamos clínicas móveis e um posto de saúde para oferecer cuidados com TB, HIV e DNTs, tais como hipertensão e diabetes. Nossos serviços incluíram testes, triagem, recargas de medicamentos e aconselhamento sobre a prevenção à COVID-19.
 
Também incorporamos o atendimento para DNTs nas unidades de saúde geral e aumentamos os serviços oferecidos em nossa instalação comunitária de Nhlangano para cobrir autoteste de HIV, profilaxia pré-exposição para prevenir a infecção pelo HIV, planejamento familiar e tratamento do HIV e infecções sexualmente transmissíveis. Em 2020, concluímos um estudo para diagnóstico e tratamento do HIV no início durante o período de janela - o tempo entre a infecção e o ponto em que um teste dá um resultado preciso. Isto guiará nosso trabalho futuro no controle da epidemia de HIV.
 
Outras atividades relacionadas à COVID-19 incluíram o apoio às autoridades de saúde para aumentar a capacidade de testes e o envio de uma equipe de MSF para fornecer cuidados domiciliares e encaminhamento de pacientes gravemente enfermos para a oxigenoterapia.
 
Pacientes que receberam tratamento antirretroviral de primeira linha
Pacientes que começaram o tratamento para TB
Pacientes que receberam tratamento antirretroviral de segunda linha
6.900
260
230

MSF usa cookies neste site para melhorar sua experiência.
Saiba mais na

Política de Privacidade. Aceitar