Você está aqui

Grécia: precariedade e incerteza sobre o futuro em Atenas

07/07/2016

Em Atenas, na Grécia, o antigo terminal do aeroporto de Elliniko e dois estádios olímpicos que não estão mais em uso abrigam hoje cerca de 3.500 refugiados, em sua maioria afegãos. Ali, as condições de vida precárias colocam em risco a saúde física e mental dessas pessoas. Para responder às suas necessidades, Médicos Sem Fronteiras está oferecendo cuidados de saúde reprodutiva e suporte psicológico, e realizou uma campanha de vacinação para quase mil crianças com menos de 15 anos. (Fotos: Pierre-Yves Bernard)

Leia mais sobre