Início

MSF intensifica resposta à cólera em Porto Príncipe

Cerca de cem novos pacientes por dia procuram cuidados nas instalações de saúde. Confira
 

Projeto de MSF completa 1 ano na Jordânia

“Um de nossos primeiros pacientes em estado grave foi admitido após bombardeio no sul da Síria”. Veja

HIV: é preciso mudar para ampliar acesso ao tratamento

Estratégias devem ser adaptadas às necessidades das pessoas que vivem com HIV/Aids. Saiba mais

Novo caso de Ebola no Mali

Um paciente infectado e dois casos suspeitos recebem cuidados no centro de tratamento. Confira

Precisamos da sua ajuda para salvar vidas

Para milhares de pessoas MSF é a única esperança, e tudo isso só é possível graças à ajuda de pessoas como você. Seja doador

Resposta à cólera

Haiti

Atendendo refugiados sírios

Jordânia

Dia Mundial da Aids

HIV/Aids

MSF amplia atividades

EBOLA

Ajude-nos a chamar a atenção para dificuldades enfrentadas por pessoas afetadas por crises humanitárias

Ajuda Virtual

Seja doador de MSF

Doe agora

Notícias

Newsletter

Receba notícias de MSF em seu e-mail.

Como ajudar

É graças a sua generosidade que podemos levar ajuda médico-humanitária a milhões de pessoas.

MSF busca profissionais qualificados, motivados e experientes para o trabalho em campo e no escritório.

Há diversas formas de contribuir com o trabalho de MSF.

 

Diários de Bordo

Logística em maternidade da República Centro-Africana

14/11/2014

Os primeiros raios de sol chegam antes das 6 horas, diretamente sobre minha “barraca mosquiteiro”. Ao me levantar, observo do terraço do nosso sobrado o rio Oubangui e, na outra margem, a República Democrática do Congo!

A morte com nome e sobrenome

22/10/2014

Entre Conacri, na Guiné, e Monróvia, na Libéria, onde estive, descobri que a morte tem nome e sobrenome: vírus Ebola.

A primeira vez com MSF

29/08/2014

Minha primeira participação em projeto com Médicos Sem Fronteiras foi no Malauí, pequeno país localizado na África subsaariana. A experiência incrível! No distrito de Chiradzulu, onde fui muito bem recebida, o povo é amigável e receptivo!

Direto do coração da África

23/07/2014

Nem parece que já faz um mês que eu deixei o Brasil rumo ao coração da África. O tempo aqui passa voando. É fácil perder a noção do tempo em meio às dezenas de afazeres, que frequentemente começam às 6h30 e terminam após as 21 horas.

Facebook

Siga MSF

Acompanhe o trabalho de MSF e conheça as principais crises humanitárias visitando nossos perfis nas redes sociais.