Você está aqui

Panorama das atividades de MSF na Ásia

07/01/2005
Primeiras atividades de MSF nos países afetados foram realizadas pelas equipes que já estavam na região. Outras equipes estão sendo enviadas juntamente com toneladas de equipamentos de saúde e outros materiais importantes para a ajuda humanitária

Um cargueiro com 32 toneladas de equipamentos de saúde e de água e saneamento foi enviado. Uma equipe de oito pessoas chegou em Banda Aceh, no norte de Sumatra. A equipe inclui três enfermeiros e dois médicos – todos de nacionalidade Indonésia – além de um logístico. Esta equipe levou outras 3.5 toneladas de suprimentos de saúde.

Outros profissionais estão disponíveis para partida imediata e serão enviados de acordo com os informes de MSF da região.

Malária e dengue podem vir a ser graves problemas. A dessalinização da água será uma prioridade já que a água salgada contaminou os reservatórios de água potável. MSF planeja oferecer apoio psicológico aos sobreviventes.

Sri Lanka

Os hospitais em funcionamento estão abarrotados de feridos. Desabrigados e deslocados são uma constante e a enormidade da devastação pode ser sentida no grande número de corpos que permanece nas ruas.

As áreas mais afetadas parecem ter sido Matara, Kalutara, Galle e Hambantota, no sudeste. No nordeste, Trincomalee, Batticaloa e Jaffna foram as regiões mais atingidas.

Ao todo 12 profissionais de ajuda humanitária de outros países foram enviados à região em três diferentes equipes. Outros 17 profissionais aguardam informações das equipes de avaliação para partir.

Uma equipe de seis pessoas de MSF foi enviada (três da Grã-Bretanha, os demais do Japão) e inclui um cirurgião, um médico, uma enfermeira e dois logísticos. A equipe foi enviada para o nordeste do Sri Lanka onde MSF vem mantendo atividade.

Batticola, uma cidade costeira, será o primeiro destino.

Sri Lanka, um país importante para as operações de MSF, pode receber ainda mais dez profissionais que estão na Austrália e outros sete que estão na Espanha.

Uma terceira equipe também está a caminho.

Tailândia

Na Tailândia, os profissionais de MSF estão realizando missões exploratórias na região de Phuket. Nenhuma comida está disponível para distribuição.

Malásia

MSF tem dois médicos realizando uma avaliação em Penang e visitará as cidades costeiras imediatamente.

Myanmar (Burma)

MSF está enviando uma equipe para realizar uma missão exploratória em Myiek, no extremo sul do país.

Índia

MSF tem uma equipe de duas pessoas realizando uma missão exploratória em partes do sul da Índia. Eles chegaram no dia 27 de dezembro em Chennai, a capital de Tamil Nadu. O governo e a população local estão organizando os cuidados de saúde, a distribuição de comida e as operações de limpeza. Felizmente não falta água potável em Chennai.

A equipe de avaliação de MSF viajou para Nagapattinam, ao sul, a região mais afetada da Índia. As áreas costeiras foram gravemente afetadas e as famílias continuam procurando por parentes desaparecidos. Houve uma resposta enorme do governo e da comunidade local. Corpos já foram recolhidos e queimados. Eles estão restabelecendo o fornecimento de energia elétrica para que possam ter acesso novamente à água potável encanada.

O Ministério da Saúde mobilizou profissionais extras e montou um 'campo de saúde' onde o acesso é livre para qualquer pessoa. Numa primeira avaliação, os hospitais parecem estar bem equipados com medicamentos e outros suprimentos. O problema principal para a comunidade no momento parece ser o trauma psicológico.

Outros

Equipes de MSF em todos os países onde MSF está presente, assim como Somália e Quênia, fazem uma avaliação dos estragos.