Você está aqui

MSF reforça sua equipe e envia 10 toneladas de materiais para a Costa do Marfim

01/10/2002
Frente às recentes lutas na Costa do Marfim, Médicos Sem Fronteiras decidiu reforçar sua equipe no país, com o objetivo de se preparar melhor para intervir em áreas onde as forças rebeldes lutam contra o exército governamental.

Frente às recentes lutas na Costa do Marfim, a organização internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) decidiu reforçar sua equipe no país, com o objetivo de se preparar melhor para intervir em áreas onde as forças rebeldes lutam contra o exército governamental.

MSF está preparado para cuidar de feridos de guerra e oferecer cuidados em situações de grande deslocamento populacional. Uma equipe emergencial chegou, na semana passada, a Abidjan e uma equipe cirúrgica está de prontidão, preparada para entrar em ação assim que houver necessidade.

Um carregamento está saindo da França para Abidjan hoje à noite. A bordo, estão mais de 10 toneladas de materiais de saúde, cirúrgicos e logísticos, incluindo cobertores, tendas e lonas.

MSF se preocupa com o aumento de incidentes e ameaças contra não-marfinenses que vivem nos distritos inseguros de Abidjan. MSF monitorará de perto o desenrolar da situação na capital.

MSF está presente na Costa do Marfim desde 1990. O trabalho de saúde diário com 5 mil detentos na Prisão Central de Abidjan – conhecida localmente como “le MACA” – continua.