Você está aqui

MSF envia equipe ao Congo para investigar suspeita de epidemia de Ebola

13/05/2005
Pelo menos nove pessoas já morreram de uma doença que, suspeita-se, seja a febre hemorrágica do Ebola, que mata entre 50% e 90% das suas vítimas

Ao todo nove pessoas teriam morrido da altamente contagiosa febre hemorrágica do Ebola em Cuvette Ouest, uma província do Congo, localizada a 500 km ao norte da capital do país, Brazzaville.

Uma equipe de emergência do Ministério da Saúde do Congo partiu da capital, na quinta-feira, 12 de maio, para investigar a suspeita de epidemia. MSF também enviou uma equipe para se juntar aos profissionais do ministério na investigação da epidemia e para decidir se uma intervenção de MSF seria possível e necessária.

O Ebola é uma febre hemorrágica transmitida por meio de contato direto com líquidos corporais de pessoas ou macacos infectados. Não há cura para a doença, e entre 50% e 90% das vítimas morrem. Nesta região do Congo, epidemias do Ebola surgem com freqüência, o que indica uma possível situação endêmica.