Você está aqui

MSF é um dos únicos grupos de ajuda humanitária que continuam no Afeganistão

24/09/2001
MSF é um dos únicos grupos de ajuda humanitária que continuam no Afeganistão

Embora quase todos os grupos de ajuda humanitária tenham deixado o Afeganistão, no último dia 15 de setembro, há ainda, em Badakhshan, no norte do país (área não-talibã controlada pela Aliança Norte), uma equipe completa de profissionais de Médicos Sem Fronteiras que dá continuidade aos seus projetos de saúde.

O grupo remanescente dá continuidade aos programas de apoio ao hospital de referência em Faizabad e às clínicas de Baharak, Iskashim, Skazar (província de Badakhshan) e Khoja-Bahaudin (província de Takhar).

Os programas são coordenados por uma equipe internacional de cinco pessoas com a assistência de pessoal afegão. Em outras zonas do Afeganistão, os programas de assistência – de que depende grande parte da população para sobreviver – foram reduzidos dramaticamente e correm o risco de parar por completo suas atividades, já que os estrangeiros, por motivo de segurança, foram obrigados a se retirar do país. Os demais grupos seguem seus trabalhos apenas com profissionais locais.

Como não é possível, no momento, a assistência em algumas zonas do Afeganistão, Médicos Sem Fronteiras decidiu reforçar sua presença nos países vizinhos (Irã, Paquistão, Tadjiquistão e Turcomenistão). A organização está pronta para responder às necessidades que possam resultar dos deslocamentos de população para Badakshan, Panshir e outros países vizinhos.

Leia mais sobre