Você está aqui

MSF completa tratamento de mais de 1 milhão de pacientes com tuberculose no Turcomenistão

08/08/2002
MSF completa tratamento de mais de 1 milhão de pacientes com tuberculose no Turcomenistão

Depois de muitos meses de trabalho intensivo, em parceria com o Ministério da Saúde e a indústria médica, MSF pode assegurar que uma população de mais de 1 milhão de pessoas em Dashouguz Velayat, uma região do Turcomenistão, terá acesso a um tratamento efetivo de tuberculose. Até agora, 4700 pacientes tuberculosos se registraram em hospitais assistidos por MSF.

MSF está coordenando programas de tratamento a tuberculose em 8 postos distribuídos nos 7 distritos na região de Dashouguz.

Os últimos dados do Ministério da Saúde indicam que uma epidemia de tuberculose está ocorrendo nesta região, com uma taxa de incidência de 113 novos casos em 100 mil pessoas por ano. Na verdade, estes números são muito mais altos – relatórios da Organização Mundial de Saúde (OMS) sugerem que somente 54% dos casos confirmados são atualmente detectados no Turcomenistão (OMS, 2001).

MSF está aplicando o programa de tratamento DOTS – Tratamento Observado Diretamente, Curta Duração –, um tratamento estratégico reconhecido internacionalmente e recomendado pela OMS, que viabiliza um diagnóstico rápido e um tratamento completo de pessoas com tuberculose, assim como o monitoramento cuidadoso da epidemiologia da doença em toda a região.

A proposta de implementação do DOTS, usado por MSF, é trabalhar em parceria com o Ministério da Saúde e com os serviços de tuberculose existentes, no sentido de criar um programa que possa vir a se sustentar independentemente da presença de MSF na região.

Até hoje, mais de 2000 profissionais de saúde foram treinados para aplicar a estratégia do DOTS e 22 laboratórios foram estruturados ou melhorados com a assistência de MSF. O foco principal de MSF para o final deste ano e para o próximo é o repasse do programa para o Ministério da Saúde do Turcomenistão, planejado para dezembro de 2003.