Você está aqui

Como MSF atua no combate à COVID-19?

03/04/2020
Conheça nosso apoio em diferentes continentes na luta contra o novo coronavírus
Como MSF atua no combate à COVID-19?

Foto: Agnes Varraine-Leca/MSF

A pandemia do novo coronavírus atingiu todo o mundo e mesmo os países com os sistemas de saúde mais desenvolvidos têm dificuldade para lidar com o número de pacientes com necessidade de cuidados intensivos. Médicos Sem Fronteiras (MSF) trabalha respondendo a diferentes necessidades em mais de 70 países e está adaptando seus projetos para ajudar também na resposta à COVID-19. Além disso, MSF passou a apoiar a resposta de emergência em países europeus onde não possuía projetos, como forma de aliviar a sobrecarga sobre os sistemas de saúde.

Saiba o que estamos fazendo em cada país:

Américas

Brasil
Iniciamos esta semana em São Paulo atividades de combate à COVID-19. O trabalho é focado em pessoas vulneráveis, como pessoas em situação de rua, migrantes e refugiados, usuários de drogas, idosos e pessoas privadas de liberdade.

Além de São Paulo, MSF está se preparando para iniciar atividades no Rio de Janeiro, também com foco na população mais vulnerável. Também estamos adaptando nossas ações em Roraima, onde possuímos um projeto direcionado ao reforço do sistema de saúde local em função do aumento da migração, para ajudar nas ações de combate à COVID-19.


El Salvador
Adaptamos nossos projetos à resposta da COVID-19 em total coordenação com o Ministério da Saúde para o aumento da cobertura e capacidade dos serviços de ambulância. Também estamos avaliando o estado das pessoas deportadas dos EUA e México que continuam confinadas em hotéis para identificar necessidades relacionadas a controle e prevenção de infecções, isolamento, diagnóstico e tratamento para definir uma possível resposta.

México
MSF aumentou as atividades médicas em Matamoros devido à falta de atendimento abrangente dentro do campo onde vivem cerca de 2 mil solicitantes de asilo. Estamos oferecendo serviços de saúde física e mental e atividades de promoção da saúde.


Europa

Itália
MSF está atualmente apoiando três hospitais na região da Lombardia, com atividades de controle de infecções. Fora dos hospitais, estamos realizando atividades para alcançar pessoas vulneráveis e apoiando um projeto de telemedicina, que está ajudando pessoas isoladas em casa. Na região de Marche, no centro do país, MSF apoia uma rede de casas de repouso em várias cidades, para impedir que os casos se espalhem em locais vulneráveis. Hoje, existem cerca de 40 profissionais de MSF envolvidos na resposta ao coronavírus na Itália.    

Espanha
As duas estruturas de saúde temporárias instaladas em Madri, com capacidade para mais de 200 leitos, começam a funcionar esta semana. MSF também está apoiando e aconselhando diversos outros hospitais na capital para ajudá-los a gerir o número de casos. Em Barcelona, MSF participou do projeto das estruturas externas e dos circuitos de pacientes dos principais hospitais. Também está atuando na área central da Catalunha, atendendo às necessidades dos hospitais municipais. No país basco, o apoio é estendido às residências para idosos e inclui aconselhamento sobre circuitos e sessões sobre proteção pessoal para os profissionais de saúde.

Bélgica
MSF está apoiando sete instalações no país para aumentar sua capacidade de admissão de pacientes. Além disso, dá suporte a lares de idosos e a grupos vulneráveis, como pessoas em situação de rua e migrantes sem documentação.

França
MSF está apoiando a população mais vulnerável em Paris e arredores com clínicas móveis e auxílio na triagem de pacientes. Além de equipes que visitam abrigos, outros profissionais atuam fazendo a triagem de pessoas em situação de rua em busca de casos de COVID-19 ou de outras condições médicas. As equipes também estão avaliando a situação em alguns hospitais de referência, com possibilidade de oferecer suporte para a gestão de casos.

Suíça
Em Genebra, MSF está apoiando atividades de saneamento para áreas onde vivem 1.300 famílias vulneráveis. Há também a troca de conhecimento com o hospital universitário da Universidade de Genebra com foco na gestão de pacientes.

Noruega
MSF está fornecendo consultoria estratégica e apoio de controle e prevenção de infecções a um hospital que atende cerca de 12% dos pacientes hospitalizados na Noruega.

Grécia
MSF está apoiando solicitantes de asilo nas ilhas de Lesbos e Samos. Temos atividades de promoção de saúde nos campos e apoiamos o encaminhamento de pacientes que apresentam sintomas relacionados à COVID-19. Ao mesmo tempo, adaptamos nossas instalações e procedimentos para garantir a segurança de nossos pacientes e nossa equipe. Estamos aumentando a prestação de serviços de água e saneamento no campo e ampliando nossas operações com o recrutamento de novos profissionais.

Holanda
Estamos oferecendo apoio psicológico em um hospital. As equipes estão monitorando a situação de pessoas em situação de rua em todo o país.

Ucrânia
Expandimos nossas atividades de educação em saúde para todos os nossos pacientes e profissionais. Além disso, estamos aumentando as medidas de controle de infecção em nossos projetos.


Oriente Médio

Gaza
As atividades regulares foram reduzidas e estamos preparando nossa equipe e instalações caso nossa capacidade médica seja necessária para a resposta.

Síria
No noroeste do país, estamos revisando os sistemas de triagem e o fluxo de pacientes em alguns dos hospitais que apoiamos. Criamos comitês de higiene e doamos equipamentos de proteção para a equipe. Em alguns campos de deslocados internos em que atuamos, adaptamos o sistema de triagem de nossas clínicas móveis e revisamos nossos protocolos para poder continuar as distribuições de produtos de primeira necessidade e serviços de saúde. No hospital Al Salama (Azaz) e em instalações apoiadas em Idlib, as equipes de MSF estão realizando treinamento para a equipe médica. Unidades de isolamento, vias de encaminhamento de amostras e pacientes estão sendo identificados e as diretrizes de controle e prevenção de infecções estão sendo implementadas. Nos campos, nossas clínicas médicas móveis estão implementando procedimentos de isolamento de casos suspeitos. Aumentamos nossa distribuição de itens de primeira necessidade e kits de higiene e continuamos fornecendo tanques de água e instalações para lavagem das mãos nos campos.

Jordânia
Nosso hospital está sendo reaproveitado para ter potencial para receber pacientes com COVID-19.

Iraque
MSF começou a apoiar o hospital Ibn al-Khatib de Bagdá. MSF doou o equipamento de proteção individual ao hospital e ofereceu treinamento sobre protocolos de uso. Em Mossul, um hospital que foi reconstruído por MSF agora está sendo usado como o principal hospital de referência de pacientes COVID-19 em toda a província de Ninawa. MSF também equipou um edifício para isolamento. Enquanto isso, os projetos existentes de MSF em Ninanwa, Diyala, Kirkuk e Bagdá continuam a oferecer serviços de saúde vitais e a reforçar sua capacidade de identificar pacientes, apoiar o controle de infecções e prevenção e encaminhar casos aos hospitais do Ministério da Saúde.

Sudão
As equipes de MSF estão em contato com o Ministério da Saúde e apoiam a preparação de uma resposta, incluindo medidas de controle de prevenção de infecções, criação de centros de tratamento, treinamentos para profissionais, promoção de saúde e logística básica.

Líbia
Fizemos treinamentos sobre controle de infecções e gestão de casos para enfermeiros e médicos de hospitais em Trípoli.


África

Mali
MSF apoia a gestão de uma unidade de COVID-19 em Bamako, com 8 leitos de UTI e capacidade para atender 100 pacientes ambulatoriais. MSF também colocou à disposição uma de suas equipes. Em Niono e nos arredores, MSF instigou atividades de conscientização e instalou pontos de água para lavagem das mãos no hospital de referência e nos centros de saúde periféricos onde temos atividades. Na área de Tominian, na fronteira com Burkina Faso, instalamos uma barraca para isolamento de casos suspeitos e um ponto de lavagem das mãos.

Senegal
Em Dakar, apoiamos as autoridades de saúde no hopital Dalal Jamm, onde estamos dando treinamento e apoio às atividades de água e saneamento.

Burkina Faso
Apoiamos pacientes no centro de saúde de Fada, se necessário. Estamos adaptando as medidas de controle de triagem e prevenção de infecções em nossos projetos de Djibo, Kaya e Barsalogho e treinamos profissionais, pois as preocupações são altas com o número de pessoas deslocadas na parte norte, central e oriental do país.

Costa do Marfim
em Abidjan, MSF apoiou o Ministério da Saúde em um centro de trânsito para rastrear e encaminhar pessoas com sintomas de coronavírus ao centro de atendimento. Em Bouake, já estão em andamento atividades de treinamento para profissionais de saúde e triagem nos diferentes pontos de entrada da cidade. Atividades de água e saneamento também estão sendo implementadas.

Níger
Estamos adaptando as medidas de controle de triagem e prevenção de infecções em nossas atividades em Magaria, onde mantemos um hospital pediátrico de 450 leitos. Em Niamey, atualmente está em construção um centro de tratamento com 45 leitos. Também estamos planejando oferecer treinamento para profissionais de saúde sobre a preparação para a COVID-19 e iniciamos atividades de promoção da saúde em Niamey e Magaria.

Nigéria
As equipes estão estabelecendo instalações de isolamento em projetos, processos de triagem adaptados, atividades adicionais de promoção da saúde com base na comunidade e estabelecendo pontos de lavagem das mãos e áreas de isolamento em comunidades locais e campos de deslocados internos. Em Ngala, as equipes de MSF estão concentrando esforços no reforço do controle e prevenção de infecções.

Camarões
MSF está montando uma ala de isolamento para 20 leitos no hospital regional de Buea.  A primeira fase com 10 leitos estará pronta esta semana. Isso inclui treinamento para controle e prevenção de infecções, assim como gestão de suspeita e casos confirmados. Em Iaundé, apoiamos as autoridades de saúde no hospital geral, onde foram montados 20 leitos para receber pacientes. Estamos implementando um circuito do paciente mais seguro, bem como medidas de controle de prevenção de infecções. Também estamos preparando a instalação de Djongolo para casos de COVID-19, cuja capacidade é de 54 leitos por enquanto. Iniciamos também a construção de 4 quartos com 20 leitos, a fim de aumentar a capacidade para 134 leitos.

República Democrática do Congo
Em Kinshasa, uma unidade de isolamento foi montada e está sendo preparada para uso no Centro Hospitalar de Kabinda para o isolamento dos casos da COVID-19 de pessoas que vivem com HIVe são acompanhadas por MSF.

Tanzânia
Nossa equipe de promoção da saúde no campo de refugiados de Nduta, na Tanzânia, está trabalhando para sensibilizar e educar a comunidade sobre higiene e melhores práticas de saúde. Atualmente, as equipes de MSF estão fortalecendo sistemas e implementando medidas para aumentar nossa capacidade para um possível surto de COVID-19 no campo.

Zimbábue
Apoiamos a gestão de pacientes de COVID-19 que estão isolados em Harare e aumentamos a capacidade das instalações para 164 leitos, enquanto a equipe de água e saneamento fornece suporte adicional nas comunidades.

Moçambique
Estamos implementando medidas de prevenção e controle de infecção e triagem para sintomas respiratórios em todas as unidades de saúde onde trabalhamos, incluindo 16 novos pontos de lavagem de mãos. As nossas equipes também estão trabalhando com as autoridades locais para melhorar o fluxo de pacientes, fornecendo suporte técnico e logístico para dois hospitais de referência em Maputo.

Eswatini (antiga Suazilândia)
Estamos oferecendo apoio ao Ministério da Saúde, auxiliando no controle e triagem de infecções nas unidades de saúde. Também fazemos parte de grupos de assessoria técnica do Ministério da Saúde e estamos implementando modelos de atendimento ajustados para pessoas que vivem com HIV, TB e doenças não transmissíveis, a fim de reduzir o risco de infecção.

África do Sul
MSF redirecionou a equipe de projetos já existentes para a resposta à COVID-19 nas províncias de Gauteng, KwaZulu-Natal e Western Cape. A equipe de MSF está ajudando a limitar a disseminação de infecções por: rastreamento de contatos (físico e telefônico); produção e distribuição de materiais de promoção da saúde; apoio às unidades de saúde através de pontos de triagem / triagem fora das instalações e garantia de que pessoas com HIV / TB recebam seus remédios em casa. Atividades para solicitantes de asilo vulneráveis e idosos em situação de rua estão acontecendo em Tshwane para mitigar o impacto do bloqueio nacional de 21 dias.


Ásia

Uzbequistão
Em Karakalpakstan, iniciamos uma campanha de promoção da saúde voltada para pacientes com TB com mensagens relacionadas à TB e à COVID-19 na linguagem Karakalpak, usando aplicativos de mensagem.

Quirguistão
Estamos trabalhando em estreita colaboração com o Ministério da Saúde e oferecendo nosso apoio ao planejamento de preparação para a pandemia de COVID-19. Fornecemos ao Ministério da Saúde equipamentos de proteção individual, incluindo máscaras N-95 e luvas, termômetros, comprimidos de cloro e recipientes com álcool.

Afeganistão
Após uma avaliação no hospital de referência para casos de COVID-19 em Cabul, MSF está fornecendo treinamento de prevenção e controle de infecção. MSF pretende procurar maneiras de apoiar a gestão de casos em Herat.

Paquistão
Em Timurgara, a equipe está fazendo uma pré-triagem para casos de COVID-19 e vendo casos suspeitos. Mantemos a enfermaria de isolamento e implementamos o circuito, as medidas de controle e prevenção de infecções e o fluxo de pacientes da enfermaria de isolamento antes de abrir para os pacientes.

Bangladesh
As atividades regulares no campo de refugiados rohingyas estão em andamento. Criamos uma área de espera específica para pacientes que apresentam sintomas da COVID-19. Nos hospitais de MSF, salas dedicadas de enfermaria e isolamento foram preparadas para eventuais casos.

Hong Kong
MSF realizou mais de 20 sessões presenciais de promoção da saúde com grupos vulneráveis, inclusive por meio de plataformas online. Além disso, a equipe também realizou quatro oficinas sobre "lidar com o estresse e a ansiedade" nos mesmos grupos-chave para atender às suas necessidades de saúde mental.

Malásia
Estamos prontos para aumentar o apoio ao Ministério da Saúde e às autoridades distritais para rastreamento e teste de contatos.  Também emitimos um apelo ao governo da Malásia para revogar uma regra que obriga serviços de saúde pública a denunciarem migrantes irregulares. Em Penang, estamos oferecendo educação em saúde relacionada à COVID-19 em diferentes idiomas. Além disso, doamos suplementos alimentares a 100 famílias vulneráveis.

Indonésia
Iniciamos promoção de saúde da COVID-19 para as comunidades que atendemos na província de Banten, Java Ocidental. Foram realizados treinamentos e sessões via webinar sobre medidas de prevenção e controle de infecções e compartilhamos diretrizes sobre o uso de equipamentos de proteção individual com organizações locais parceiras.
 
Camboja
A equipe contribui para o desenvolvimento de diretrizes nacionais para controle e prevenção de infecções e atendimento clínico de casos de COVID-19. Uma vez validados, lançaremos treinamentos em oito hospitais em todo o país, que foram definidos como hospitais de referência.
 
Filipinas
Avaliações das atividades da COVID-19 estão em andamento.
 
Papua-Nova Guiné
As atividades regulares de TB estão em espera. As equipes começaram a fornecer treinamentos sobre controle e prevenção de infecções e triagem em 22 províncias do país.

 

MSF usa cookies neste site para melhorar sua experiência.
Saiba mais na

Política de Privacidade. Aceitar