Você está aqui

Ajuda de MSF às vítimas do terremoto na Caxemira

28/10/2005
Equipes de MSF atuam no Paquistão e na Índia. Mais de 250 profissionais oferecem cuidados médicos e cirúrgicos, atendimento psicológico e vacinação. Tratamento e distribuição de água, de tendas e de outros materiais também fazem parte das atividades

Médicos Sem Fronteiras continua a ajudar milhares de sobreviventes na Caxemira (paquistanesa e indiana) e nas Províncias do Noroeste, no Paquistão.

MSF está preocupada com a saúde de centenas de milhares de desabrigados nessa região. A exposição ao frio severo e a falta de comida suficiente poderão piorar, em muito, a situação dessa população, já vulnerável.

Equipes de MSF fornecem cuidados médicos, cirúrgicos e psicológicos e distribuem tendas apropriadas para o inverno, cobertores e kits de cozinha e de higiene. Neste momento, a maior dificuldade é proporcionar abrigo a uma quantidade tão grande de pessoas antes da chegada do inverno, dentro de poucas semanas.

Atualmente, MSF está atuando em 15 localidades, muitos delas acessíveis somente por helicóptero devido aos desmoronamentos. As equipes atendem centenas de pacientes todos os dias, em programas cujas principais atividades são cirurgia, cuidados pós-cirúrgicos e curativos para os feridos, saúde primária e vacinação contra o tétano e o sarampo. MSF também oferece suporte psicológico para pessoas traumatizadas e tem tratado os casos de insuficiência renal resultante da síndrome do esmagamento.

Neste momento, mais de 150 profissionais estrangeiros incluindo médicos, enfermeiros, cirurgiões, psicólogos, assistentes sociais, pessoal de logística, especialistas em água e saneamento, operadores de vôos e cerca de 100 profissionais locais estão trabalhando contra o tempo nos programas de MSF no Paquistão e na Índia.

MSF já enviou mais de 620 toneladas de material de ajuda humanitária para a região, incluindo itens médicos (kits de emergência, medicamentos, materiais cirúrgicos, curativos, gesso, alimentos ricos em proteína, solução oral de re-hidratação etc), materiais logísticos (equipamento de água e saneamento como tanques, bombas d´água e unidades de tratamento de água) e material para abrigo (cerca de 120.000 cobertores, 10.000 sacos de dormir e 1.600 tendas apropriadas para o inverno). Kits de higiene, cozinha e ferramentas estão sendo comprados localmente.

Paquistão

Assistência médica

MSF montou um hospital em frente a um hospital que desmoronou, na região de Bagh. Tendas acomodam sala de cirurgia, laboratório, sala de parto, cuidados intensivos, emergência, e uma área para internação com 40 camas. Cerca de dez cirurgias são feitas por dia. Em outra parte da cidade, um ambulatório recebe cerca de 75 pacientes por dia.

Em Bir Pani e Mallot, MSF oferece cuidados básicos de saúde numa tenda para cerca de 100 pacientes por dia, e encaminha os casos mais graves para Bagh. Em Paniani, MSF acabou de iniciar um trabalho semelhante para os pacientes que começaram a chegar.

MSF inaugurou uma estrutura de saúde na cidade de Saidpur, no norte de Muzafarabad e em Kai Manja, Lamnian and Hattian. MSF também trata feridos das cidades de Sarli Sacha e Panjkot. Um helicóptero deixa equipes médicas em cidades inacessíveis no norte de Muzafarabad a cada 2 ou 3 dias.

O hospital do distrito em Mansehra está bem destruído e está recebendo suporte da equipe de MSF em 5 tendas de 80m2 cada, para oferecer uma acomodação melhor para os pacientes. Uma unidade intensiva de tétano está disponível para receber os pacientes enviados por outras estruturas médicas. Em Batagram, uma equipe de MSF realiza cirurgias e faz acompanhamento pós cirúrgicos em um local com 50 camas. MSF continua a tratar cerca de 80 pacientes por dia em uma estrutura de saúde em Kargan, local que só pode ser acessado por helicóptero. Uma campanha de vacinação contra sarampo para 5.000 crianças foi iniciada.

Em Islamabad, uma equipe cirúrgica apóia o departamento pediátrico do Instituto de Ciências Médicas do Paquistão (PIMS), o maior hospital local, para onde tem sido enviadas as centenas de feridos do terremoto. Até agora, 250 crianças foram tratadas de fraturas e feridas infectadas. Uma equipe de nefrologistas tem tratado as vítimas da síndrome do esmagamento, que ocorre quando os tecidos musculares são lesados e liberam toxinas na corrente sangüínea, sobrecarregando os rins. MSF disponibilizou 4 aparelhos de hemodiálise e atende necessidades médicas relacionadas a esta síndrome. Sem tratamento, a síndrome do esmagamento pode ser fatal.

Saúde mental

Em Muzafarabad, Mansehra, Bagh e Hattian MSF oferece aconselhamento psicológico para pacientes e pessoas desabrigadas. Desde que iniciou este programa, centenas de sobreviventes dividem suas experiências com psicólogos de MSF, assistentes sociais e conselheiros locais em sessões individuais ou em grupo.

Água e saneamento

Em Muzaffarabad, profissionais logísticos de MSF trabalham para melhorar as estruturas de água e saneamento em vários campos de desabrigados. Cerca de 70 latrinas foram construídas e MSF oferece cerca de 400.000 litros de água potável por dia. Em Bagh, também melhorou as estruturas de água e saneamento do hospital local e em Mansehra, MSF colocou latrinas e implantou um sistema de água com capacidade total de 25.000 litros, que oferece água potável para o hospital e uma outra estrutura de saúde.

Distribuição de materiais de ajuda

Em muitos locais onde as equipe médicas de MSF trabalham, tendas apropriadas para o inverno estão sendo distribuídas para as pessoas que precisam de abrigo urgente. Além disso, milhares de esteiras, cobertores e plásticos estão sendo oferecidos para uma grande quantidade de pessoas que estão dormindo ao relento. Kits de higiene e de cozinha assim como equipamentos de aquecimento também estão sendo distribuídos.

Índia

Na região da Caxemira controlada pela Índia, equipes de MSF oferecem suporte psicológico, atendimento médico e kits logísticos para hospitais e distribui materiais de ajuda humanitária. Em Uri, cerca de 3.500 pessoas receberam material para abrigo, sapatos para crianças e cobertores. 700 tendas foram distribuídas. MSF pretende distribuir um total de 1.000 tendas nessa área. A equipe em Tangdhar finalizou a distribuição de materiais para abrigo, roupas e cobertores para 5.000 pessoas e 795 tendas foram distribuídas em 10 cidades. MSF pretende distribuir 3.000 tendas nessa área.