Você está aqui

Doenças negligenciadas

07/01/2003

Tuberculose, malária, doença do sono, de Chagas e leishmaniose atingem 14 milhões de pessoas a cada ano, 90% delas em países em desenvolvimento. Menos de 1% das drogas aprovadas de 1975 a 1999 foi indicada para uma destas doenças. (Fotos: Serge Sibert)

  • [caption]

    No estágio inicial da doença do sono pode ser tratado e curado com um remédio que não apresenta efeitos colaterais sérios. O diagnóstico prematuro desta doença é muito importante. (Sudão)

  • [caption]

    Foram encontrados cerca de 30 barbeiros (parasita causador da doença de Chagas) na casa. As crianças serão examinadas e tratadas, mas já é tarde demais para Julia e seu marido. (Honduras)

  • [caption]

    A família Castro vive numa casa de argila e palha – habitat ideal dos insetos que transmitem a doença de Chagas. A aldeia de Las Casitas tem vista para um rio, que foi desviado pelo ciclone Mitch.
     

  • [caption]

    Marcelino, 10 anos, e Lidia, 6, estão infectados com o parasita causador da doença de Chagas. Eles moram com os pais em uma cabana a 2 horas e meia a pé do centro de saúde mais próximo. (Honduras)
     

  • [caption]

    Se a leishmaniose cutânea não for tratada adequadamente ou se as feridas forem cicatrizadas lentamente, há riscos dos pacientes desenvolverem a forma mucocutânea da doença. (Peru)

  • [caption]

    As úlceras de pele provocadas pela leishmaniose cutânea podem causar desfiguração. Algumas vezes, as feridas se cicatrizam por conta própria, deixando somente uma marca. (Peru)

  • [caption]

    O diagnóstico da doença do sono se inicia com exames de sangue para verificar a presença do parasita. Depois é feita punção lombar para checar se ele passou para o fluido cérebro-espinal. (Uganda)

  • [caption]

    Patrick e Daniel, técnicos de saúde encarregados do cuidado à doença do sono, ajustam uma escada na parte traseira da bicicleta para levar o adolescente doente ao centro de tratamento de Kiri.

  • [caption]

    Com 18 anos, Moyes não pode mais se manter de pé. Ele foi tratado 6 vezes, mas continua infectado pela doença do sono. (Sudão)

  • No estágio inicial da doença do sono pode ser tratado e curado com um remédio que não apresenta efeitos colaterais sérios. O diagnóstico prematuro desta doença é muito importante. (Sudão)

  • Foram encontrados cerca de 30 barbeiros (parasita causador da doença de Chagas) na casa. As crianças serão examinadas e tratadas, mas já é tarde demais para Julia e seu marido. (Honduras)

  • A família Castro vive numa casa de argila e palha – habitat ideal dos insetos que transmitem a doença de Chagas. A aldeia de Las Casitas tem vista para um rio, que foi desviado pelo ciclone Mitch.
     

  • Marcelino, 10 anos, e Lidia, 6, estão infectados com o parasita causador da doença de Chagas. Eles moram com os pais em uma cabana a 2 horas e meia a pé do centro de saúde mais próximo. (Honduras)
     

  • Se a leishmaniose cutânea não for tratada adequadamente ou se as feridas forem cicatrizadas lentamente, há riscos dos pacientes desenvolverem a forma mucocutânea da doença. (Peru)

  • As úlceras de pele provocadas pela leishmaniose cutânea podem causar desfiguração. Algumas vezes, as feridas se cicatrizam por conta própria, deixando somente uma marca. (Peru)

  • O diagnóstico da doença do sono se inicia com exames de sangue para verificar a presença do parasita. Depois é feita punção lombar para checar se ele passou para o fluido cérebro-espinal. (Uganda)

  • Patrick e Daniel, técnicos de saúde encarregados do cuidado à doença do sono, ajustam uma escada na parte traseira da bicicleta para levar o adolescente doente ao centro de tratamento de Kiri.

  • Com 18 anos, Moyes não pode mais se manter de pé. Ele foi tratado 6 vezes, mas continua infectado pela doença do sono. (Sudão)

Leia mais sobre