Você está aqui

Chagas na Bolívia: Uma epidemia silenciosa

28/06/2011

A Bolívia é o país com a maior incidência de doença de Chagas no mundo. Chagas ainda é a doença parasitária que mais mata nas Américas, com cerca de 10 a 15 milhões de pessoas contaminadas e 14 mil mortes por ano.

O principal vetor da doença é o barbeiro, inseto de aparência e agilidade semelhantes a uma barata, chamado de vinchuca nos países de língua hispânica.  As vinchucas se escondem nas frestas de casas feitas de adobe, uma mistura de barro, capim e estrume, e convivem há gerações com a população pobre da zona rural da Bolívia.

A doença de Chagas é fatal. E silenciosa. Muitas vezes as pessoas só sabem que estão infectadas depois que ela já atacou o coração, esôfago ou intestino. É extremamente importante tratar antes que os sintomas apareçam. Desde 2002, Médicos Sem Fronteiras trabalha no combate à doença na Bolívia. Neste período, mais de 4.500 pessoas foram submetidas ao tratamento.

 Fotos: © Vânia Alves/ MSF

Leia mais sobre