Você está aqui

Vacinação contra o sarampo em acampamentos na França

29/01/2016
Campanha será realizada nos acampamentos de Calais e de Grande-Synthe

Foto: Jon Levy/MSF

Após três casos de sarampo confirmados no acampamento conhecido como “Selva” em Calais, no norte da França, a organização humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) se envolveu em uma campanha de vacinação contra a doença em acampamentos em Calais e em Dunkirk.

No acampamento de Calais, dois refugiados – um adulto e uma criança de nove anos – e um voluntário foram diagnosticados com sarampo, enquanto três outros casos foram confirmados no hospital central de Calais. Também há relatos de duas crianças com sintomas de sarampo no acampamento de Grande-Synthe, próximo a Dunkirk.

A campanha está sendo organizada pela Agência de Saúde Regional Francesa, e apoiada por organizações como MSF, Médicos do Mundo (MDM), a Agência de Prevenção e Resposta a Emergências Sanitárias (Eprus, na sigla em francês) e a Sociedade de Desenvolvimento Sanitário e Nutricional (Health And Nutrition Development Society - HANDS Internacional).

Migrante no campo de refugiados de Grande-Synthe, próximo a Dunkirk, na França (Foto: Stéphane Roques/MSF)O sarampo é uma doença altamente infecciosa que pode provocar graves complicações. As equipes lançaram uma campanha de conscientização no dia 26 de janeiro para alertar os refugiados sobre a importância da vacina – principalmente nessa condição, em que os moradores dos acampamentos são predominantemente jovens e estão vivendo em meio a uma situação muito insegura. As vacinações serão voluntárias e estarão disponíveis para adultos e crianças com seis meses ou mais.

A campanha acontecerá em quatro locais ao redor do acampamento de Calais, abrigo para cerca de 4 mil pessoas. As primeiras vacinações serão realizadas no dia 29 de janeiro pela Eprus, no centro Jules Ferry, voltado para mulheres e crianças. Na semana que vem, a campanha chegará ao acampamento Grande-Synthe, em Dunkirk, onde cerca de 2.500 pessoas estão vivendo hoje.

As equipes de MSF começarão a vacinar no dia 2 de fevereiro. MSF atua no acampamento de Calais desde setembro de 2015, onde mantém uma clínica que oferece cuidados médicos gerais.

Leia mais sobre

MSF usa cookies neste site para melhorar sua experiência.
Saiba mais na

Política de Privacidade. Aceitar