Você está aqui

A única saída para escapar da opressão

05/02/2016
O jovem Haben deixou a Eritreia e partiu rumo à Europa após negar submissão ao regime ditatorial eritreu

Foto: Mohammad Ghannam/MSF

Haben é um eritreu de 20 anos que ama agricultura. Ele sonha em ter seu próprio negócio um dia.

“Eu vim da Eritreia. Tenho certeza de que a maioria das pessoas no mundo não sabe nada sobre o nosso regime ditatorial louco, que está preparando todos os cidadãos para servir o exército por tempo indeterminado. Não importa quem você é ou o que você quer ser na vida, no meu país, todos estão fadados a servir o exército.

Meu pai era agricultor e eu queria ser como ele, trabalhar na minha própria fazenda. Eu simplesmente não quero fazer parte do regime. Quero viver livre, como qualquer pessoa em qualquer país civilizado.

Eu saí de casa há quatro meses e fui para o Sudão, depois para a Líbia e para a Itália de barco. E, então, eu vim para a França. Eu estou no acampamento que chamam de “Selva”, em Calais, há 40 dias, e quero ir para o Reino Unido para encontrar meus amigos e parentes, mas parece que é muito difícil fazer a viagem.”
 

Leia mais sobre