Você está aqui

Turquia: MSF oferece assistência a aldeias afetadas pelo terremoto

31/10/2011
Ajuda será direcionada ás áreas rurais, onde o acesso é limitado

Após o terremoto que atingiu o leste da Turquia no último domingo, matando pelo menos 500 pessoas e ferindo 2,5 mil, MSF enviou uma equipe a Van e Ercis, as duas regiões mais afetadas. Após a fase inicial de avaliações, para identificar as maiores necessidades e lacunas, a organização, em colaboração com ONGs do país, decidiu focar suas atividades na provisão de itens de auxílio para pessoas em áreas rurais onde o acesso à assistência é bastante limitado.

“Os principais hospitais não foram afetados pelo terremoto. O sistema de saúde era forte, e está respondendo de maneira adequada às necessidades médicas. Em Van e Ercis, as duas principais cidades, a resposta das autoridades turcas foi boa”, explicou Jerome Souquet, coordenador do programa de emergência de MSF. “No entanto, nossa equipe verificou que existe um grande número de aldeias, longe das principais cidades, onde as pessoas estão vivendo em condições precárias, e sofrendo com temperaturas abaixo de zero. Algumas delas perderam suas casas. Outras estão com medo de tremores secundários e não querem voltar para casa. Há ainda pessoas dormindo em carros, em condições muito precárias, e que precisam de ajuda.”

Em colaboração com ONGs turcas, MSF vai distribuir tendas próprias para o inverno, cobertores e conjuntos de cozinha para cerca de 10 mil pessoas. Dois aviões de carga com cerca de 140 toneladas de materiais de auxílio estão sendo enviados de Dubai, onde MSF tem uma base logística. Ao mesmo tempo, a equipe no local está sendo reforçada, para preparar a distribuição.

Como o sistema de água dessas aldeias foi danificado pelo terremoto, MSF também está providenciando soluções temporárias para reiniciar o suprimento de água. Além disso, a equipe está conversando com organizações de psicólogos locais para começar a oferecer cuidados de saúde mental para as populações afetadas, uma necessidade importante após o terremoto.