Você está aqui

Territórios Ocupados Palestinos: MSF abre unidade de terapia de mão na Faixa de Gaza

13/02/2012
Cerca de 50 pacientes que precisam de cuidados especializados já estão em tratamento

MSF abriu sua primeira unidade médica dedicada à terapia de mãos na Faixa de Gaza. O tratamento, que está disponível desde o início de janeiro, é oferecido a todos os pacientes que precisam de cuidados especializados. A iniciativa de abrir esta unidade foi tomada depois da visita de dois médicos especializados em cirurgia de mãos, no final de 2011.

Ao longo de duas semanas, o fisioterapeuta e escritor científico Michel Boutan treinou quatro fisioterapeutas palestinos que trabalham com MSF na clínica na cidade de Gaza. Eles foram treinados para fazer triagem manual dos problemas de motricidade, estabelecer protocolos de tratamento, fabricar órteses (prótese de mãos) e utilizar corretamente estimulação elétrica, de acordo com cada com a doença de cada paciente.

Uma sala dedicada à terapia para mãos, equipada com todos os suprimentos necessários, foi montada na clínica de MSF na Cidade de Gaza. Também foram impressos cartazes mostrando exercícios de reabilitação. Hoje, 50 pessoas – a maioria criança - estão sendo beneficiadas por esse cuidado especializado. Em todos os casos, o objetivo é ajudá-las a reconquistar o movimento das mãos.

No final do treinamento de MSF, autoridades locais e representantes da Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinos (UNRWA, na sigla em inglês), que também trabalham com fisioterapia, organizaram um workshop, com duração de meio dia, para compartilhar técnicas e conhecimentos na área de terapia da mão.

Leia mais sobre