Você está aqui

Sudão: "Em algumas aldeias, todos os habitantes estão infectados com calazar"

12/04/2011
Dr. Dagemlidet Worku, médico etíope

Dr. Dagemlidet Worku tem uma vasta experiência em trabalhos com calazar (leishmaniose visceral), uma doença que, apesar de afetar meio milhão de pessoas todos os anos, principalmente na Ásia e na África, é negligenciada pela indústria farmacêutica. O médico etíope já tratou de pacientes em Uganda e no Quênia, e em janeiro de 2010 participou da inauguração de um centro de tratamento da doença no estado de Al-Geradef, a 500 quilômetros ao leste da capital, Khartoum. Al-Geradef é uma das regiões mais afetadas pelo calazar, embora o Sudão do Sul também esteja enfrentando uma epidemia sem precedentes. O Dr. Dagemlidet Worku, que acabou de voltar de Al-Geradef, falou sobre o tratamento da doença.