Você está aqui

Segundo terremoto no Nepal: equipes de MSF testemunham destruição e desespero enquanto avaliam as necessidades em áreas remotas

13/05/2015
A maioria das áreas afetadas está localizada, novamente, em regiões montanhosas remotas

Foto: Jean-Eric Schaeffer/MSF

Logo após o segundo terremoto que atingiu o Nepal, a organização humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) imediatamente começou a avaliar as necessidades nas áreas afetadas, a maioria localizada, novamente, em regiões montanhosas remotas.

Uma equipe de MSF que se dirigiu para o distrito de Dolakha testemunhou em primeira mão vilarejos sendo destruídos pelo terremoto e por deslizamentos de terra. O distrito Dolakha foi o epicentro do mais recente terremoto, de magnitude 7,3, o segundo que atingiu o Nepal em duas semanas.

Em Charikot, um vilarejo na encosta da montanha, edifícios desabaram. O vilarejo de Sailungeshwar foi afetado por muitos deslizamentos de terra, alguns dos quais estavam acontecendo no momento da avaliação da equipe de MSF.

MSF está avaliando as necessidades nas áreas afetadas, enquanto fornece assistência médica e socorro às populações atingidas, incluindo as vítimas do terremoto do dia 25 de abril.