Você está aqui

Outro profissional de MSF é preso no Sudão: Vincent Hoedt, coordenador regional em Darfur

31/05/2005
O holandês Vincent Hoedt foi preso na manhã desta terça-feira, 31 de maio. MSF está escandalizada com as prisões que podem dificultar o trabalho de ajuda humanitária que vem sendo realizado no Sudão, em prol das vítimas do conflito em Darfur

A organização internacional Médicos Sem Fronteiras está horrorizada com a prisão de um segundo profissional de MSF no Sudão, na manhã do dia 31 de maio. O holandês Vincent Hoedt, coordenador regional da organização, em Darfur, foi preso esta manhã em Nyala.

Ontem, 30 de maio, o coordenador geral de MSF no Sudão, Paul Foreman foi preso em Cartum e libertado após pagamento de fiança. "Essas prisões são totalmente inaceitáveis", disse Geoff Prescott, diretor geral de MSF na Holanda. "O governo está punindo os profissionais de ajuda humanitária por realizarem um trabalho em prol das vítimas do conflito em Darfur".

As autoridades sudanesas acusaram MSF de cometer crimes contra o Estado, de publicar relatórios falsos e de espionagem, subestimando a sociedade sudanesa. MSF exige que todas as acusações sejam retiradas.

“A prisão dos dois funcionários de MSF dificulta seriamente nossa aptidão de oferecer ajuda humanitária. A população de Darfur, que já vem passando por muito sofrimento, não pode ser ainda mais prejudicada por causa dessas ações", disse Geoff Prescott.

MSF trabalha em mais de 29 localidades em Darfur, com 180 profissionais estrangeiros e 3.000 profissionais nacionais.

Paul Foreman, 45 anos, trabalha para MSF desde 2002. Ele já trabalhou como coordenador geral de MSF no Congo-Brazzaville, Angola, e Iraque. Foreman é natural de Carlshalton, Reino Unido. Vincent Hoedt, 35 anos, trabalha com MSF desde 1996 e nasceu em Roterdã, na Holanda. Vincent já trabalhou com MSF na Colômbia, Libéria, República Democrática do Congo, Sudão, Zâmbia, Albânia e Nigéria. Vincent trabalhou inicialmente como logístico e depois como coordenador de projeto e coordenador geral de missões de MSF no exterior.