Você está aqui

MSF recebe Prêmio 'Lennon Ono pela Paz'

10/10/2006
Cerimônia de entrega foi realizada na noite de terça-feira na capital da Islândia. Organização recebeu US$ 50 mil por seu trabalho em situações de emergência

A organização humanitária Médicos Sem Fronteiras (MSF) recebeu, nesta terça-feira à noite, o 'Lennon Ono Grant for Peace", prêmio criado pela viúva do Beatle John Lennon, Yoko Ono. O prêmio de US$ 50 mil foi entregue pela própria Ono ao diretor de MSF- Suécia, Dan Sermand, em uma cerimônia realizada em Reykjavik, capital da Islândia.

Criado em em 2002, o prêmio é concedido a organizações ou personalidades que lutam pela paz. Além de MSF, o grupo Center for Constitutional Rights também foi agraciado. "Esses dois grupos enxergam além dos conflitos e destruição atual e vêem um futuro positivo para nossa sociedade, enquanto trabalham de maneira altruísta e incansável para o estabelecimento de um ambiente mais pacífico para nosso planeta. São fortes representantes dos muitos grupos que trabalham na mesma direção atualmente. Eles precisam e merecem todo nosso apoio e respeito", afirmou Yoko Ono em comunicado sobre a premiação divulgado em setembro.

A entrega foi realizada em Hodfi House. O local é conhecido por ter sediado uma reunião de cúpula entre o então presidente dos Estados Unidos Ronald Reagan e o líder da União Soviética Mikhail Gorbachev em 1986. Anteriormente, a premiação era realizada na sede das Nações Unidas, em Nova York.

Entre as personalidades que já receberam o prêmio estão o artista israelense Zvi Goldstein, o artista palestino Khalil Rabah, o técnico nuclear israelense Modechai Vanunu e o jornalista americano Seymour Hersh.