Você está aqui

MSF inicia grupo de reflexão com mulheres em Marcílio Dias, na Maré, Rio de Janeiro

24/06/2004
Atividade reúne mulheres das comunidades de Marcílio Dias, Kelson´s e Mandacaru para discutirem assuntos relacionados à mulher, como família, gravidez e trabalho.

Desde o início de junho, estão acontecendo grupos de reflexão, dentro da própria comunidade, sobre assuntos inerentes à mulher. A psicóloga Rosana Ballestero, responsável por esta atividade e as Amigas Sem Fronteiras, agentes multiplicadoras de informação na comunidade, identificaram lideranças comunitárias de Marcílio Dias, Mandacaru e Kelson´s para disponibilizarem suas residências e convidarem suas vizinhas a participarem da atividade.

Os temas trabalhados nos grupos são mãe-mulher, mãe-adolescente, mãe-trabalhadora, mãe-avó e mãe-substituta e estão sendo aplicados estrategicamente a partir da demanda da área. "O objetivo desta atividade é provocar uma reflexão nas mulheres da comunidade e tentar aumentar a auto-estima de cada uma. Além disso, à medida que os grupos forem acontecendo, iremos coletar dados e reflexões sobre os temas abordados para criarmos uma cartilha direcionada para as mulheres", explica Rosana.

Em um dos encontros sobre mãe-avó, por exemplo, onde o foco principal era o cuidado, foi realizada uma dinâmica para motivar a discussão do tema. "Eu acho que sempre sobra para a avó. Às vezes, além de cuidar do meu netinho, preciso dar umas broncas na minha filha. Isso quando não aparece uma vizinha pedindo uma ajuda. É difícil dar carinho pra todos", afirmou uma das participantes.

A psicóloga de Marcílio Dias acredita que os grupos de reflexão já mostram algumas mudanças entre as mulheres da comunidade. "Estes encontros são importantes porque escuto experiências de outras mulheres, que tem mais ou menos a mesma situação que eu, e aprendo com elas. Muito do que ouvi aqui vou levar pra minha casa" comenta Iara, uma das participantes do grupo.

Os grupos de reflexão acontecem três vezes por semana e são mediados pela psicóloga Rosana Ballestero do Centro de Saúde de MSF em Marcílio Dias. O Centro, além de oferecer assistência básica de saúde, atendimento psicológico e social, realiza atividades culturais, de lazer, e grupos para reflexão com os moradores das comunidades de Marcílio Dias, Mandacaru e Kelson’s.