Você está aqui

MSF inicia atividades médicas no Nepal

01/05/2015
Clínica móvel que opera na região montanhosa ao norte de Katmandu já atendeu cerca de 30 pacientes e cinco cirurgias de grande porte foram conduzidas no hospital de Bhaktapur

Foto: MSF

Na quinta-feira, 30 de abril, uma equipe da organização humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) composta por um médico, um enfermeiro e um logístico deu início às atividades de uma clínica móvel na região montanhosa do norte de Katmandu, incluindo o vale de Langtang e o distrito de Rasuwa, por meio de um helicóptero. Cerca de 30 pacientes foram atendidos e as necessidades de diversos vilarejos da região foram avaliadas. Uma equipe cirúrgica, composta por um cirurgião, um anestesista e um enfermeiro, começou a prestar suporte ao hospital de Bhaktapur. Até o momento, foram conduzidas cinco cirurgias de grande porte. Em Balwat Bazaar, no distrito de Ghorka, foram distribuídos 240 kits de abrigo - cada família recebe um kit -, e uma carga de 1.200 kg chegou a Katamandu.

Na sexta-feira, 1 de maio, 24 toneladas de carga chegaram a Katmandu e uma equipe está dando continuidade às atividades da clínica móvel em por meio de um helicóptero em vilarejos remotos nas montanhas ao norte de Katmandu. Além disso, uma equipe médica móvel está visitando vilarejos remotos nas montanhas a noroeste da cidade para oferecer consultas e avaliar as necessidades adicionais.
 
Ao sul de Ghorka, um cirurgião está avaliando a capacidade do hospital de referência em Bharatpur, que está recebendo pacientes desde a ocorrência do terremoto.

Uma equipe de MSF continua avaliando locais para a estruturação do hospital inflável que chegou em um avião de carga na noite de quarta-feira.

No distrito de Ghorka, um enfermeiro e um médico estão oferecendo suporte à evacuação médica de alguns pacientes em Larpak.

Uma equipe cirúrgica composta por um cirurgião, um anestesista e um enfermeiro continua prestando suporte ao hospital em Bhaktapur. Até o momento, cinco cirurgias de grande porte foram conduzidas.
 

Equipes de MSF estão no Nepal trabalhando para atender às necessidades das pessoas afetadas pelo terremoto nas regiões isoladas e mais remotas do país. Até que saibamos a dimensão exata das nossas operações, não aceitaremos doações restritas à catástrofe. É graças às doações regulares e irrestritas que podemos agir rapidamente diante de desastres naturais como este.