Você está aqui

MSF inicia apoio ao sistema de saúde de Fortaleza na resposta à COVID-19

15/06/2021
Equipes da organização vão atuar nas localidades de José Walter e Grande Bom Jardim
MSF inicia apoio ao sistema de saúde de Fortaleza na resposta à COVID-19

Foto: MSF

A organização humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) iniciou atividades na cidade de Fortaleza, no Ceará. Profissionais de MSF estão trabalhando no bairro Prefeito José Walter e no território Grande Bom Jardim com atendimentos médicos e atividades de promoção de saúde para prevenir a disseminação da COVID-19. O trabalho está sendo feito de maneira coordenada com as autoridades de saúde do Estado e do Município.

MSF vai fornecer apoio ao sistema de saúde da capital cearense com a realização de treinamentos para profissionais de saúde. O objetivo é melhorar o fluxo de pacientes e os protocolos de prevenção e controle de infecções nas Unidades de Atenção Primária de Saúde (UAPS) e nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Além disso, equipes móveis trabalharão no bairro Prefeito José Walter e no território Grande Bom Jardim aplicando testes de antígeno para detecção de COVID-19, realizando acompanhamento de casos da doença nas comunidades, realizando atividades de educação em saúde para evitar a expansão dos contágios e ajudando a população a fazer o cadastro online para vacinação.

“Queremos dar suporte ao sistema de saúde e à população destas comunidades de Fortaleza neste momento difícil da pandemia”, explicou a coordenadora do projeto de MSF em Fortaleza, Daniela Cerqueira. “O trabalho a ser desenvolvido deve resultar em melhores protocolos para aprimorar o atendimento e nossas ações também pretendem facilitar o acesso dos pacientes aos cuidados de saúde”, afirmou.

Também fazem parte da equipe de MSF profissionais de saúde mental. Eles oferecerão atendimento psicológico aos trabalhadores de saúde locais, que têm enfrentado uma grande sobrecarga por estarem atuando no combate à pandemia há mais de um ano. O objetivo é que isso também se reflita em uma melhoria na qualidade do atendimento oferecido aos pacientes.

MSF já atuou na resposta à pandemia de COVID-19 em mais de 70 países do mundo e iniciou seu trabalho relacionado à doença no Brasil em abril do ano passado. Desde então, o foco da atuação tem sido populações vulneráveis e com dificuldades de acesso à saúde, incluindo pessoas em situação de rua, migrantes e comunidades indígenas. Já estivemos em um total de 11 Estados brasileiros, em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Manaus, São Gabriel da Cachoeira, Tefé (Amazonas), Boa Vista (Roraima), Porto Velho e Ji-Paraná (Rondônia).

MSF é uma organização médico-humanitária internacional que oferece atenção médica de qualidade a pessoas afetadas por crises, como conflitos armados, catástrofes socioambientais, desnutrição grave e epidemias. Atuamos de maneira independente, neutra e imparcial e nossas decisões são baseadas unicamente nas necessidades de nossos pacientes.

No Brasil, iniciamos atividades há 30 anos, com um projeto de atendimento médico para conter uma epidemia de cólera na região amazônica (Pará e Amazonas).  Desde o início da pandemia, já atuamos em mais de 70 países apoiando os esforços locais de combate à doença e mantemos atualmente atividades relacionadas à COVID-19 em cerca de 40 países.

 

Leia mais sobre

MSF usa cookies neste site para melhorar sua experiência.
Saiba mais na

Política de Privacidade. Aceitar