Você está aqui

MSF continua a trabalhar nas áreas atingidas pelo ciclone Sidr em Bangladesh

04/12/2007
Duas clínicas móveis estão atendendo os moradores de Mathbaria e outras duas devem começar a funcionar em breve

Médicos Sem Fronteiras continua a oferecer assistências à população atingida pelo ciclone Sidr, cuja passagem em Bangladesh no dia 15 de novembro provocou a morte de mais de três mil pessoas e deixou outras centenas de milhares desabrigadas. Duas clínicas móveis de MSF estão atendendo as vítimas em Mathbaria, ao sul do distrito de Pirojbur e outras duas clínicas logo começarão a funcionar. As equipes realizaram mais de 350 consultas até agora em Sapelzehat (45 mil habitantes), Betemore (28 mil habitantes) e em seus arredores.

A equipe médica tem tratado casos de diarréia, infecção respiratória, infecções na pele e nos olhos, assim como pequenos ferimentos abertos. "Telhados de alumínio voadores e árvores derrubadas resultaram em vários ferimentos. Como muitas pessoas não tinham recebido tratamento até agora, muitos desses machucados estão infectados", contou Unni Karunakara, médico de MSF cuja equipe também está distribuindo cobertores e sabonetes. "As pessoas que vimos hoje em Kochubaria estavam totalmente desesperadas. Elas receberam pouquíssima assistência, uma vez que o acesso ao vilarejo é difícil".

Falta de acesso à água limpa também é uma grande preocupação. Poeira, árvores arrancadas e carcaças de animais contaminaram muitas fontes. No dia 2 de dezembro, 30 dos 53 pacientes assistidos por MSF sofriam de diarréia, além de infecções cutâneas relacionadas à água contaminada. Mais de um quarto dos pacientes tratados por MSF até agora apresentam diarréia.

“Desde a passagem do ciclone, todo o vilarejo ficou doente", explica Abdul Khaled, que mora na região. "Não há água potável por aqui e não temos escolha a não ser beber a água do rio e de lagos próximos". MSF está planejando voltar a Kochubaria para garantir que os casos de diarréia tenham tratamento.

Em combinação com o atendimento médico, MSF está distribuindo tabletes de purificação de água e está levando água e material sanitário para limpar e reparar as fontes. MSF também está oferecendo apoio técnico ao Hospital de Mathbaria para melhorar o tratamento d'água e a manutenção de dejetos.

Nas ilhas em volta de Galachipa no distrito de Patuakhali, MSF continua a distribuir kits com itens essenciais. As equipes já distribuíram mais de mil kits, que incluem utensílios de cozinha, cobertores, galões de água e roupas. MSF planeja distribuir cerca de 4 mil kits no total, usando lanchas de alta velocidade e traineiras onde é impossível usar as estradas.