Você está aqui

MSF avalia situação das vítimas dos deslizamentos em Niterói, RJ

15/04/2010
Equipe MSF avalia necessidades das vítimas das enchentes

Nos dias 10 e 11 de abril, uma equipe de Médicos Sem Fronteiras composta de uma psicóloga e um profissional de logística reuniu-se com a Secretaria de Saúde do município de Niterói, no estado do Rio de Janeiro, a fim de identificar possíveis contribuições por parte da organização para o trabalho realizado em prol das vítimas dos recentes deslizamentos de encostas no município. A equipe de MSF também visitou os locais atingidos, bem como os abrigos, para avaliar possíveis contribuições quanto às necessidades por atendimento médico, estoque de medicamentos, doações de itens alimentares e não-alimentares e cuidados de saúde mental, além das condições destes abrigos temporários. Conjuntamente com as autoridades locais, MSF concluiu que o município e as associações civis locais já haviam mobilizado esforços e recursos que tornavam desnecessária a intervenção de Médicos Sem Fronteiras. Mesmo que não tenha identificado necessidades específicas de intervenção a curto prazo, MSF se colocou à disposição das autoridades de saúde mental do município de Niterói para discussões futuras sobre estratégias de intervenção em seguida a catástrofes naturais.