Você está aqui

MSF analisa emergência em Sumatra

13/09/2007
Duas equipes foram enviadas às áreas afetadas pelos terremotos para avaliar os danos e as necessidades médicas

Após os terremotos que atingiram a ilha de Sumatra, as equipes de emergência de Médicos Sem Fronteiras (MSF) na Indonésia deram início a uma avaliação dos danos e das necessidades médicas da população.

A primeira equipe chegou em Padang e verificou que as necessidades iniciais estão sendo atendidas. "Eles registraram uma rápida resposta das autoridades", afirmou Luc van Leemput, coordenador do trabalho de MSF na Indonésia. "Fora do hospital, de onde os pacientes tiveram de ser retirados, tendas foram imediatamente montadas e suprimentos de água já haviam sido disponibilizados quando nossos colegas visitaram o local. Essa equipe está agora explorando a situação ao longo da costa entre Padang e Bangkulu, mais a sudoeste".

Uma segunda equipe deixou Jacarta em um avião fretado nesta manhã, levando sete toneladas de suprimentos de emergência, incluindo material médico e cobertores. Eles vão analisar as necessidades humanitárias em Bengkulu e seus arredores, o mais rápido possível. Cada uma das equipes é composta por médico, paramédico, profissionais de logística, na maioria indonésios. Uma das equipes tem ainda um psicólogo.