Você está aqui

Médicos Sem Fronteiras combate surto de febre amarela na Colômbia

09/04/2003
Febre amarela é endêmica nesta região e a baixa cobertura de vacinação torna esta área de grande conflito uma bomba relógio.

No início de março, a organização Médicos Sem Fronteiras iniciou uma campanha de vacinação contra a febre amarela na zona rural de La Fortuna, na região de Cataumbo, na Colômbia, próxima à fronteira com a Venezuela. Desde o início, MSF já vacinou 113 pessoas ajudando as autoridades locais a combater o surto da doença que já matou 3 pessoas, dos quatro casos registrados desde fevereiro.

MSF está planejando levar essas ações às cidades de Santa Catalina, San Juan e La Primavera.

A febre amarela é endêmica nesta região e a baixa cobertura de vacinação torna esta área de grande conflito uma bomba relógio. Embora nos últimos 10 anos nenhum caso de febre amarela tenha sido registrado, o ressurgimento de um surto da doença próximo a fronteira com a Venezuela deixou as autoridades locais em alerta.

Além das atividades desenvolvidas com este surto de febre amarela, MSF planeja aumentar sua presença no combate à malária e nos programas de saúde sexual e reprodutiva.