Você está aqui

Libertados os dois profissionais de MSF seqüestrados em Ituri, RDC, no dia 2 de junho

13/06/2005
Os dois profissionais foram libertados no último sábado, 11 de junho. Eles passam bem. MSF agradece a todas as pessoas que participaram do processo de libertação, em especial às comunidades de Búnia e Ituri que demonstraram grande apoio

Os dois profissionais de Médicos Sem Fronteiras seqüestrados no norte de Búnia, capital do distrito de Ituri, na República Democrática do Congo, no dia 2 de junho de 2005, foram libertados pelos seqüestradores na manhã de sábado, 11 de junho. Eles passam bem e foram reintegrados com segurança às equipes de MSF em Búnia.

MSF expressa sua gratidão a todas as pessoas que participaram do processo de libertação. MSF gostaria de agradecer especialmente às comunidades de Búnia e Ituri, que demonstraram um enorme apoio e grande mobilização. MSF enfatiza que a libertação foi realizada de forma segura e incondicional.

Desde 2003, equipes de MSF vêm realizando atividades emergenciais de saúde para o povo de Ituri, independente da raça, etnia ou crença, respeitando as regras básicas do trabalho humanitário independente de atores políticos e militares.

Leia mais sobre