Você está aqui

Iêmen: MSF abre hospital cirúrgico de campanha em Mocha

10/08/2018
A instalação preparada para tratar feridos de guerra conta com 20 leitos e 70 profissionais
Iêmen: MSF abre hospital cirúrgico de campanha em Mocha

Foto: Nuha Mohammed

Médicos Sem Fronteiras (MSF) inaugurou um hospital cirúrgico de campanha em Mocha após a recente ofensiva à Hodeidah, lançada por forças leais ao presidente Hadi e apoiadas pela coalizão internacional liderada pela Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos. Situada 180 km ao sul de Hodeidah, a instalação conta com 20 leitos e 70 profissionais de MSF que trabalham para responder ao aumento das necessidades médicas na região.

A capacidade da instalação pode ser ampliada para receber mais pacientes e já oferece assistência médica de emergência a pessoas que chegam das frentes de batalha em Hodeidah e Taiz. Entre os pacientes estão feridos de guerra e gestantes que precisam passar por cirurgias urgentes. 

Desde abril, a escalada de violência em Hodeidah e Taiz levou a um aumento do número de feridos de guerra. Nos últimos dois meses, cerca de 20 ambulâncias transferiam diariamente diversos pacientes de Hodeidah e seus entornos para Aden, uma viagem de seis horas para ter acesso a cuidados de saúde.

Desde então, o hospital de trauma de MSF em Aden recebeu 493 pacientes das frentes de batalha na costa oeste do país. Em julho, 83% dos 173 pacientes transferidos de Hodeidah e Taiz foram feridos por tiros, minas terrestres ou bombardeios.

"Alguns pacientes estão chegando ao nosso hospital em Aden em condições críticas pela longa distância que precisam percorrer para ter acesso a serviços de saúde", disse Thierry Durand, coordenador do projeto de MSF em Mocha. "Essa é uma das principais razões que nos levaram a abrir o hospital em Mocha, para que as pessoas possam chegar até nós rapidamente, permitindo-nos salvar mais pacientes."

MSF é uma organização médica independente, neutra e imparcial que trabalha no Iêmen para ajudar pessoas afetadas pelo conflito em todos os lados das frentes de batalha. MSF trabalha em 13 hospitais e centros de saúde em todo o país e oferece apoio a mais de 20 hospitais ou unidades de saúde em 12 províncias: Abyan, Ad-Dhale, Aden, Amran, Hajjah, Hodeidah, Ibb, Lahj, Saada, Sanaa, Shabwa e Taiz.
 

Leia mais sobre