Você está aqui

Exposição de Médicos Sem Fronteiras chega a Porto Alegre

07/06/2011
A organização médico humanitária mostra seu trabalho por meio da experiência dos profissionais brasileiros

A nova exposição da organização humanitária Médicos Sem Fronteiras (MSF), "Experiências de Vida", estará em cartaz de 10 de junho a 10 de julho, no BarraShoppingSul, em Porto Alegre. Por meio de fotos, vídeos e depoimentos escritos, profissionais brasileiros que levam ajuda humanitária a lugares remotos, como Paquistão (Ásia) e Suazilândia (África) contam como é o trabalho de MSF.  

As histórias são apresentadas em fotos, vídeos e depoimento. A psicóloga Ana Cecília Moraes é uma das profissionais retratadas na exposição. No texto que acompanha a foto dela trabalhando no Haiti, Ana conta como era o relacionamento com os pacientes. "Para nós, foi muito emocionante ver a melhora de alguns deles, que, com alguns dias, já estavam inclusive tendo alta do hospital. No caso da paciente da foto, uma grande conquista para nós foi perceber como aos poucos ela pôde conversar sobre a tristeza que sentia por estar longe da família, que morava no interior e não vinha visitá-la, e como foi percebendo que havia no hospital outras pessoas com quem ela podia conversar."


Os materiais da exposição são divididos de acordo com os eixos de atuação da organização (catástrofes, fome, conflitos e epidemias). Um monitor de 50 polegadas mostra um mapa digital com as fotos dos 44 brasileiros que neste momento estão em um dos mais de 60 países onde a organização atua. Ao clicar no rosto do profissional, o visitante fica sabendo onde ele nasceu, em quais países já trabalhou e onde está atuando no momento. Também é possível gravar em vídeo uma mensagem de incentivo para eles.

Ao contar as experiências de seus profissionais brasileiros, MSF pretende divulgar seu trabalho e mostrar a necessidade de levar ajuda a humanitária a países em crises. "Queremos mostrar a importância da ajuda humanitária e sensibilizar as pessoas a participarem do nosso trabalho. Seja fazendo parte do nosso quadro de profissionais, formado por pessoas de várias áreas, além da saúde, ou contribuindo com doações e divulgando o nosso trabalho", diz o diretor executivo de MSF no Brasil, Tyler Fainstat.


A exposição já esteve em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Niterói.