Você está aqui

Avião de carga de MSF contendo tendas infláveis chega a Katmandu

30/04/2015
Equipes da organização avaliam melhor área para estruturação de hospital inflável

Foto: MSF

Durante a noite, o primeiro avião de carga da organização humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) conseguiu aterrissar em Katmandu, capital do Nepal, e todo o seu conteúdo foi liberado pelas autoridades na alfândega. O avião, que foi enviado da França, levava quatro tendas infláveis para a construção de um hospital, bem como todos os suprimentos médicos necessários. Equipes de MSF estão identificando o local mais adequado para estruturar o hospital, onde as necessidades sejam significativas e onde a organização possa agregar mais valor.  

Uma equipe cirúrgica vai começar a oferecer suporte ao hospital no distrito de Bhaktapur, área fortemente afetada pelo terremoto, no leste de Katmandu. Outra equipe de três pessoas – um médico, um enfermeiro e um logístico – deixou Katmandu em um helicóptero para dar início às operações de clínicas móveis em vilarejos remotos nas regiões montanhosas do distrito de Sindhupalchowk, fortemente afetado pelo terremoto e onde pouca ou nenhuma assistência foi oferecida até o momento.

Na quarta-feira, 29 de abril, uma equipe conseguiu enviar mais de 200 kits de abrigo para o vilarejo de Gumba, no distrito de Ghorka. Hoje, 30 de abril, as avaliações de MSF terão continuidade nos hospitais de Katmandu e Bhaktapur, para determinar a capacidade local de lidar com a chamada “síndrome do esmagamento”.

 

Equipes de MSF estão no Nepal trabalhando para atender às necessidades das pessoas afetadas pelo terremoto nas regiões isoladas e mais remotas do país. Até que saibamos a dimensão exata das nossas operações, não aceitaremos doações restritas à catástrofe. É graças às doações regulares e irrestritas que podemos agir rapidamente diante de desastres naturais como este.