Você está aqui

MSF no Brasil

MSF chegou ao Brasil em 1991, para combater uma epidemia de cólera na Amazônia. Após o controle do surto, a organização permaneceu na região até 2002, promovendo um trabalho de medicina preventiva com tribos indígenas.

Médicos Sem Fronteiras chegou ao Brasil em 1991, para combater uma epidemia de cólera na Amazônia.

O projeto na Amazônia foi encerrado após organizações não-governamentais e Distritos Especiais Sanitários Indígenas assumirem o trabalho.

 

A primeira intervenção urbana de Médicos Sem Fronteiras aconteceu em 1993, no Rio de Janeiro, com um projeto de assistência a crianças em situação de rua.

 

Escritório Brasileiro

Desde 1991, com a chegada de Médicos Sem Fronteiras ao Brasil, nossas equipes de campo contavam com um escritório de apoio onde ficava baseada a coordenação geral dos projetos. Entretanto, foi em 2006 que MSF deu início a atividades que envolviam o recrutamento de profissionais e a captação de recursos financeiros brasileiros para apoiar os projetos da organização pelo mundo. Além disso, as ações de comunicação no Brasil ganharam força, com o objetivo de sensibilizar a população brasileira sobre as crises humanitárias internacionais. No ano seguinte, foi criada a Unidade Médica do Brasil (Bramu, Brazilian Medical Unit), cujo objetivo é prestar suporte técnico em saúde e antropologia aos projetos de MSF no mundo, principalmente àqueles voltados para doenças tropicais negligenciadas e para as consequências da violência urbana para as populações.

O escritório de MSF-Brasil, localizado no Rio de Janeiro, é uma seção associada ao Centro Operacional de Bruxelas, que tem suas atividades financiadas com recursos de cidadãos brasileiros.

Atualmente, MSF-Brasil envia 150 brasileiros de diversas especialidades para projetos de MSF pelo mundo e conta com cerca de 260 mil doadores.

Escritório brasileiro de Médicos Sem Fronteiras

Rua do Catete, 84 - Catete

Rio de Janeiro - RJ 22220-000 Ver no mapa

+55 21 3527 3636

Atendimento ao Doador: 0800 940 3585 (Seg a sex, 9h às 19h - ligando de qualquer telefone fixo)