Você está aqui

Que precauções são implementadas no campo?

Enviado por admin_msf em 03/11/2014

Todos os profissionais de campo tomam precauções extremas ao trabalhar em instalações de MSF. Os nossos centros de tratamento são projetados para garantir um ambiente de trabalho o mais seguro possível para profissionais e pacientes. Mesmo os membros da equipe não têm contato algum com os pacientes seguem todos os protocolos de segurança pertinentes. Apenas os profissionais essenciais estão autorizados a entrar nas áreas de alto risco dos centros de tratamento de Ebola de MSF. Eles usam o equipamento completo de proteção individual (PPE, na sigla em inglês) que impede o contato com fluidos corporais de pacientes. O uso do PPE conta com protocolos rigorosos que exigem dos profissionais um “sistema de parceria” para colocar e retirar o equipamento, a fim de garantir que o procedimento está sendo feito corretamente e que eles estejam protegidos dos pés à cabeça.

 

Antes e depois de entrar nas enfermarias com pacientes de alto risco, eles se pulverizam com uma mistura de cloro para matar quaisquer vestígios do vírus. Devido ao peso e ao fato de o equipamento ser muito quente, os profissionais limitam a quantidade de tempo que passam dentro das alas com pacientes. Quando possível, eles buscam evitar o uso de agulhas para administrar medicamentos, para minimizar o risco de perfuração dos equipamentos de proteção. E enquanto a maioria dos profissionais de MSF se comprometem com a permanência de 9 e 12 meses em cada projeto, os profissionais de campo em programas de Ebola ficam de 4 a 6 semanas por vez no projeto, devido à natureza exigente do trabalho.

 

Profissionais locais, que frequentemente vivem nas comunidades onde trabalham, recebem um treinamento igualmente extensivo sobre como evitar a infecção por Ebola tanto no trabalho como em casa. Isso se provou um desafio (veja abaixo), devido à falta de controle da infecção, incluindo medidas voltadas para água e saneamento em muitas das comunidades afetadas, bem como a resposta lenta da comunidade internacional para conter o surto até agora.
 

Assunto:

Tipo de Pessoa: 
Física