Você está aqui

Quantos profissionais internacionais começaram a mostrar sintomas de Ebola depois que voltaram para casa?

Enviado por admin_msf em 03/11/2014

Dos mais de 700 profissionais internacionais que trabalharam em nossos projetos de Ebola, Dr. Spencer é o primeiro e, até agora, o único. No entanto, MSF esteve durante meses em contato com as autoridades municipais e estaduais em todo o país, bem como o governo federal e o Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC na sigla em inglês), preparando-se de forma única para este tipo de contingência (assim como o CDC e outras agências de saúde estaduais e federais estiveram em contato com MSF para saber mais sobre os nossos protocolos de segurança e de tratamento, que usaram para adaptar os seus próprios após o diagnóstico da primeira paciente com Ebola nos EUA, em Dallas). Sabemos que é impossível eliminar completamente o risco de infecção, mas a preparação rigorosa pode reduzir amplamente qualquer risco para as comunidades as quais retornam os profissionais vindos do campo. Sabemos também que MSF, como uma organização que tratou mais de 9 milhões de pacientes em todo o mundo em cerca de 70 países em 2013, só pode continuar a fazer esse trabalho se tomarmos todas as medidas possíveis para manter nossos profissionais de campo saudáveis antes, durante e depois de realizarem suas atividades.
 

Assunto:

Tipo de Pessoa: 
Física