Você está aqui

Libéria

Técnico de laboratório no centro de hematologia do hospital Bardnesville Junction na Libéria em 2016. (Foto: Marco Garofalo)
Libéria
Paises em que MSF já atuou

Em 2017, MSF concentrou-se no tratamento pediátrico e tratamento da saúde mental na Libéria.

Em 2015, MSF montou o Hospital Bardnesville Junction, em Monróvia, para apoiar os serviços de saúde da Libéria durante a crise do Ebola. Inicialmente atendendo crianças com menos de 5 anos de idade, em 2017 os critérios de admissão foram ampliados para incluir pacientes até os 15 anos. Durante o ano, a equipe atendeu 7.040 crianças na sala de emergência e internou quase 6 mil pacientes, principalmente por malária, desnutrição aguda e infecções do trato respiratório.

O hospital Bardnesville Junction continuou a servir como um hospital escola, proporcionando vagas para estudantes de enfermagem. A equipe realizou pesquisas operacionais sobre questões de saúde pediátrica, incluindo intoxicação por paracetamol. No fim de 2017, uma sala de cirurgia foi construída para um programa de cirurgia pediátrica que será aberto em janeiro de 2018.

Em setembro, MSF iniciou apoio à saúde mental e cuidados de epilepsia em quatro centros de atenção primária em Monróvia e nas adjacências. Um psiquiatra de MSF e dois clínicos de saúde mental oferecem orientação sobre diagnóstico e tratamento para profissionais do Ministério da Saúde nos centros de saúde, e profissionais das áreas psicossociais treinam voluntários para identificar pessoas na comunidade que demandem tratamento. MSF também fornece medicamentos psiquiátricos e anticonvulsivos. Com o apoio de MSF, os centros de saúde realizaram 2.446 consultas de saúde mental e epilepsia.

MSF atua no país desde 1990.

 

Dados de 2017:

Internações
Pacientes de Malária tratados
Pacientes tratados em centros de nutrição
5.900
4.500
1.700

Notícias