Você está aqui

Laos

Laos

Médicos Sem Fronteiras (MSF) encerrou sua atuação no Laos em dezembro de 2013.

Em 2011, MSF decidiu iniciar um programa para prestar suporte obstétrico e neonatal, além de atendimento pediátrico para crianças com menos de cinco anos, em cinco hospitais distritais e dez postos de saúde na província de Huaphan, no nordeste do Laos. O objetivo era reduzir a mortalidade infantil e o número de mortes durante a gravidez e o parto. Para isso, uma equipe de MSF trabalhou com os hospitais e centros de saúde dos distritos de XiengKhor, Sop Bao, Ett, Xamtai e Kuan. Clínicas médicas móveis chegaram a algumas das comunidades mais remotas da província, e MSF trabalhou para aprimorar as instalações de laboratório e farmácia, assim como a infraestrutura de água, eletricidade e saneamento.

A equipe considerou que as baixas taxas de comparecimento de pacientes, a distribuição dispersa das instalações de saúde pela província, as dificuldades no recrutamento de profissionais qualificados locais e a importação dos medicamentos necessários significavam que os objetivos não haviam sido atendidos e que os resultados esperados com o treinamento de profissionais médicos e tratamento de pacientes não haviam sido alcançados. Decidiu-se, então, pela interrupção do programa depois do final do ano.

MSF começou a trabalhar no país em 1989.

Início da Atuação: 
2011