Você está aqui

Irã

Irã

Apesar de melhorias nos serviços de saúde e no tratamento de vícios e doenças estigmatizadas, como o HIV, muitos no Irã ainda têm dificuldade de acesso ao tratamento do qual necessitam.

Médicos Sem Fronteiras (MSF) mantém um centro de saúde em Darvazeh Ghar, uma das áreas mais pobres de Teerã, desde 2012. O projeto tem como objetivo reduzir a incidência de doenças entre mulheres vulneráveis e crianças com menos de 15 anos de idade, oferecendo acesso a cuidados de saúde para ex-dependentes químicos (incluindo crianças) e suas famílias, gestantes, trabalhadores da indústria sexual, crianças envolvidas no trabalho infantil e outras pessoas em situação marginal.

MSF oferece cuidados médicos e psicológicos, bem como apoio social, em colaboração com outras organizações. Em 2015, foram realizadas 6.583 consultas ambulatoriais, 1.899 consultas ginecológicas e obstétricas e 1.742 consultas de saúde mental. Atenção especial foi dedicada aos grupos em situação de maior risco de contraírem infecções sexualmente transmissíveis e doenças sexualmente transmissíveis, como o HIV, a hepatite C e a tuberculose. Estão disponíveis exames de diagnóstico rápido e os pacientes podem ser encaminhados a centros especializados do Ministério da Saúde para tratamento. Este ano, 764 sessões voluntárias de aconselhamento e diagnóstico para HIV foram realizadas.

O centro apresenta uma abordagem com base nas comunidades e integra atendimento básico de saúde a atividades de promoção de saúde, adaptadas às necessidades da população dessa região da zona sul de Teerã. As atividades de identificação incluem o acompanhamento de pacientes e sessões de conscientização de saúde na comunidade. Profissionais de saúde locais desempenham um papel essencial ajudando MSF a se comunicar com as populações mais difíceis de alcançar.

MSF atua no país desde 1990.

Notícias

Início da Atuação: 
1990
Atividades Médicas: 
HIV/Aids
Tuberculose