Você está aqui

Egito

Egito

O Egito é um país fundamental no trânsito de refugiados e imigrantes do Oriente Médio e da África, além de ser um dos principais destinos procurados por estes.

Recentemente, o número de pessoas que chegam ao Egito aumentou muito em decorrência do conflito e da instabilidade em países como Síria, Iraque, Sudão, Sudão do Sul e Líbia. Houve também um aumento do número daqueles que embarcam em viagens marítimas para a Europa.

Os principais desafios enfrentados por refugiados e imigrantes são as oportunidades de emprego limitadas, a integração e as dificuldades cotidianas. Cerca de 115 mil refugiados e solicitantes de asilo registrados vivem no grande Cairo. Muitos daqueles que recebem ajuda de Médecins Sans Frontières (MSF) foram vítimas da violência em seus países de origem ou durante a jornada até o Egito. MSF oferece aos pacientes tratamento de reabilitação, composto por assistência de saúde médica e mental, bem como fisioterapia e apoio social por meio do desenvolvimento de planos de tratamento multidisciplinares individuais. Em 2015, foram admitidos 1.663 novos pacientes no total, dos quais 51% tinham recebido tratamento precário. A equipe de MSF também auxiliou indivíduos vulneráveis realizando quase 2.800 consultas médicas e distribuindo mais de 2.300 kits de higiene por meio de clínicas móveis.

Além de responder à crise regional de refugiados, MSF debateu com o Ministério da Saúde e População e as instituições médicas nacionais o estabelecimento de projetos de parceria em áreas fundamentais da saúde pública. MSF gostaria de oferecer apoio aos esforços nacionais para combater a hepatite C no país, e se dispõe a contribuir com iniciativas existentes usando sua experiência médica.

MSF atua no país desde 2010.

Início da Atuação: 
2010
Atividades Médicas: 
Saúde mental