Você está aqui

Djibouti

Djibouti

O programa de nutrição de MSF em Djibuti foi repassado ao Ministério da Saúde em 2012.
 
O suprimento inadequado de alimentos é um problema crônico para a maioria dos djibutienses, porque o clima quente e seco do país não permite sua produção na escala necessária. As crianças precisam de nutrientes essenciais para seu crescimento normal e desenvolvimento e são, por isso, mais vulneráveis aos efeitos da desnutrição. Por essa razão, em 2008, Médicos Sem Fronteiras (MSF) abriu um centro de internação de emergência para a nutrição de crianças.
 
A pressão feita por MSF para a implementação de uma abordagem preventiva da desnutrição fez com que o Ministério da Saúde distribuísse alimentos suplementares prontos para uso. Sua fórmula rica em proteína possui todos os nutrientes de que as crianças precisam e tem eficácia comprovada na prevenção da desnutrição.
 
A equipe também deu suporte técnico para o Ministério da Saúde desenvolver seu próprio programa especializado em nutrição. Foram fornecidos medicamentos e equipamento médico, além de treinamento para os profissionais envolvidos. O ministério construiu um centro de tratamento de nutrição e, em abril, MSF fez o repasse do programa. Em quatro anos, as equipes de MSF cuidaram de 10.600 crianças com desnutrição severa.
 
MSF trabalhou pela primeira vez no país em 2008.

Início da Atuação: 
2008
Atividades Médicas: 
Desnutrição